Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 19 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PDT tem Bela e Humberto para disputar prefeitura

10 Set 2007 - 08h42
O deputado federal Dagoberto Nogueira Filho (PDT) disse neste domingo, no distrito de Indápolis, que os ex-deputados Bela Barros e Humberto Teixeira estão prontos para disputar as eleições municipais em 2008, caso o deputado Ari Artuzi (PMDB) não aceite o convite de filiação à legenda.

Ao Diário MS, o deputado voltou a dizer que o PDT está disposto a lançar candidato próprio à sucessão municipal em Dourados e que Bela e Humberto são as opções já trabalhadas pelo partido. “Por enquanto, estamos aguardando a resposta positiva do Artuzi. Caso isto não aconteça, temos estes candidatos que já estão prontos para disputar as eleições”, disse ele.

Humberto Teixeira foi prefeito de Dourados entre 1993 e 1996 e Bela Barros disputou as eleições municipais com Laerte Tetila (PT) em 2004.

As afirmações foram feitas ontem pela manhã, no distrito de Indápolis, durante a cerimônia de filiação do vereador Edson Lima. Já na Vila Vargas, durante a solenidade de filiação do vereador em exercício Alberto Alves dos Santos (Bebeto), Dagoberto Nogueira voltou a alfinetar Artuzi sobre a disputa eleitoral. “Se ele não vier, azar o dele, porque lá [no PMDB] ele não vira nada. Aqui [no PDT], ele pode ser o prefeito de Dourados”, discursou o deputado.

O presidente estadual do PDT, Ary Rigo, também acompanhou a filiação de Edson Lima.

Dagoberto Nogueira disse que o partido está pronto para “fazer o prefeito de Dourados” e, para isto, está apostando em uma chapa forte com a indicação de 18 candidatos a vereador. “Estamos preparando uma boa chapa de vereadores e quase todas as vagas já estão preenchidas. Vamos dar prioridade aos nomes mais competitivos, porque a bancada da Câmara é que dá suporte ao prefeito”, acrescentou.

FILIAÇÃO
Na manhã deste domingo, o vereador Edson Lima, ex-PR, assinou a ficha de filiação ao PDT. Ele lembrou que já está em campanha e que volta ao partido com o propósito de dobrar o número de votos alcançados em 2004. “Com o trabalho que venho desenvolvendo, acredito que posso chegar a 2,5 mil votos na próxima eleição”, disse ele.

Edson Lima disse que, ao lado de Cemar Arnal, também do PDT, pretende dar continuidade à base de sustentação do prefeito na Câmara de Vereadores. A solenidade de filiação aconteceu na casa do vereador, no distrito de Indápolis.

No distrito de Vila Vargas, também na manhã de ontem, o PDT comemorou a filiação do vereador em exercício Alberto Alves dos Santos, o Bebeto. Ele é primeiro suplente de Cemar Arnal, afastado da Câmara por 45 dias para tratamento de saúde.

A pequena cerimônia teve a presença do deputado federal Vander Loubet (PT), que garantiu apoio à candidatura de Edson Lima e Bebeto. “O PT é um grande parceiro do PDT e estas pessoas também ajudaram durante minha campanha à Câmara Federal”, disse ele.
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares