Menu
SADER_FULL
domingo, 18 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PB: mulher morre por não conseguir marcar cirurgia

20 Ago 2007 - 10h44

Uma paciente do Sistema Único de Saúde (SUS) de João Pessoa (PB) morreu, no domingo, depois de não conseguir marcar uma cirurgia no coração. Desde quinta-feira, os cirurgiãos cardíacos da Paraíba estão em greve.

No dia em que a greve teve início, Elisângela Ferraz, 28 anos, disse, em uma entrevista à televisão, que poderia morrer se não fosse operada com urgência. No domingo, ela teve uma arritmia cardíaca e morreu antes de chegar ao hospital.

Os cardiologistas estão em greve esperando a revisão da tabela do SUS, que, segundo eles, está defasada. Eles pedem reajuste de 25% com base na tabela. Com a paralisação, nenhuma cirurgia está sendo realizada nos três hospitais credenciados pelo SUS no Estado.

O Ministério Público informou que vai entrar com uma ação civil contra os médicos, a secretaria de saúde e os hospitais credenciados. As informações são do site de notícias da Redação Terra.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto