Menu
SADER_FULL
segunda, 18 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Patrões têm dificuldade em reconhecer doenças ocupacionais

6 Jul 2004 - 14h52
Em entrevista ao programa Cotidiano, da Rádio Nacional, o presidente da Associação de Portadores de Doenças Ocupacionais do Distrito Federal, Clênio de Brito, disse que a maior dificuldade da pessoa que sofre doenças ocupacionais é o reconhecimento, por parte dos patrões, de que o problema do funcionário está relacionado ao trabalho.

Ele mostrou que o Ministério da Saúde divide as doenças ocupacionais em 13 grupos distintos. "Elas podem se manifestar no sistema nervoso, mental, no olho, no ouvido, nos músculos, no sangue. Podem também ser contagiosas, mas sem dúvida a mais comum é a Lesão por Esforços Repetitivos, a LER", afirmou.

 

 

Agência Brasil



Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Morre o ator Fábio Tomasini, de 'Belíssima'
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos
APELO PELA SAÚDE
MC Pikachu, internado com hidrocefalia, faz apelo: 'Rezem muito por mim'
FÁTIMA DO SUL - NA NOSSA LOJA
FÁTIMA DO SUL: Chegaram a nova coleção inverno 2018 na Nossa Loja, venha conferir as lindas blusas
Brasil X Argentina
Moradores pintam rua de azul e branco no Piauí e vão torcer para Argentina na Copa
NOVELA GLOBAL
Hoje em Segundo Sol: Beto pode desistir de Luzia
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) esfaqueia a própria filha, Talita (Laís Pinho), e provoca a morte dela.
FÁTIMA DO SUL - A COPA CHEGOU NO O BOTICÁRIO
Seleção O Boticário - itens indispensáveis para jogar bonito em Fátima do Sul
SUSTO
carro pega fogo a caminho da escola
MONSTRUOSIDADE
Polícia encontra áudios e descobre que mãe permitia que filha de 10 anos fosse estuprada