Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Patrões têm dificuldade em reconhecer doenças ocupacionais

6 Jul 2004 - 14h52
Em entrevista ao programa Cotidiano, da Rádio Nacional, o presidente da Associação de Portadores de Doenças Ocupacionais do Distrito Federal, Clênio de Brito, disse que a maior dificuldade da pessoa que sofre doenças ocupacionais é o reconhecimento, por parte dos patrões, de que o problema do funcionário está relacionado ao trabalho.

Ele mostrou que o Ministério da Saúde divide as doenças ocupacionais em 13 grupos distintos. "Elas podem se manifestar no sistema nervoso, mental, no olho, no ouvido, nos músculos, no sangue. Podem também ser contagiosas, mas sem dúvida a mais comum é a Lesão por Esforços Repetitivos, a LER", afirmou.

 

 

Agência Brasil



Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'