Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 20 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Passaia pede exoneração e sai de Dourados

13 Set 2010 - 09h38Por Dourados Agora

O jornalista Eleandro Passaia pediu exoneração dos cargos de secretário de Governo e de Comunicação. Assume ambas as pastas, o delegado aposentado Carlos Alberto Farnesi.

Passaia deixa Dourados depois de lançar o primeiro volume do livro "Máfia do Paleto", sexta-feira passada no Teatro Municipal, sob forte esquema de segurança.

Em poucas horas, mais de 1 mil livros vendidos e uma participação no Programa do Jô Soares confirmada. No livro ele comenta que mexeu "num vespeiro". Estou ciente dos processos que enfrentarei, das ameaças inevitáveis, do dissabor da censura. Mas não me arrependo de ter puxado o gatilho da sensatez. A vida apresentou uma encruzilhada. Local e tempo ideais para descortinar um grande esquema fraudulento executado com verbas da União".

Passaia vai lançar mais dois livros-reportagens sobre o desdobramento da Operação Uragano, que levou para atrás das grades 29 pessoas.

De acordo com o autor, muitos nomes que ainda não apontados pelo inquérito da Polícia Federal (PF) estão inseridos nesse primeiro livro. “Posso dizer que são cerca de 15 pessoas influentes, entre políticos e empresários, que estão infil-trados no esquema de corrupção”, adiantou Eleandro Passaia. De acordo com a Polícia Federal, o prefeito Ari Artuzi é considerado chefe da quadrilha que “sangrava” os cofres públicos de Dourados.

O autor acredita que obra poderá ajudar a população entender como funciona o esquema de corrupção de uma cidade. “Trata-se de um livro com linguajar simples, de fácil compreensão. A ideia é fazer com que a sociedade conheça como ocorre o esquema de uma política corrupta”, pontuou Passaia.

O segundo livro de Passaia será lançado até o final de outubro. “Vou reunir novos detalhes da Operação Uragano”, adiantou, ressaltando que mais nomes de pessoas influentes serão citados na obra. Questionado sobre a possível repercussão do livro em nível nacional, Passaia disse que ainda não pensou nessa possibilidade. Já a terceira obra, que deverá ser lançada em novembro deste ano, culminará com todo o trama da corrupção da política douradense. “Será um livro que vai conter toda a história da Operação, passo a passo como era feito o esquema, as prisões, o desenrolar de todo o esquema”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo