Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Partidos irão ao STF para reaver vagas de infiéis

28 Abr 2007 - 08h00
As discussões sobre a recusa dos pedidos do DEM, do PSDB e do PPS para que obtenham de volta os mandatos dos 23 deputados que trocaram de legenda este ano e aderiram ao governo, não encerraram após a decisão do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP).
Segundo o jornal Estado de São Paulo, dirigentes dessas três legendas se preparam para recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) na próxima semana, dispostos a fazer valer a fidelidade partidária e a interpretação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que o mandato dos eleitos pertence aos partidos, e não aos parlamentares.
 
"Os advogados dos partidos já estão conversando. Nossa idéia é preparar o texto do mandado de segurança logo após o feriado e dar entrada conjunta no Supremo", revelou ontem o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). Ele lembrou que 6 dos 11 ministros do STF já se manifestaram sobre o assunto - 5 deles a favor e 1 contra a tese - e admitiu que, nesse cenário, os partidos de oposição têm "muita esperança" de sucesso.
 
 
 
 
 
Terra Redação
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores
SANGUE FRIO
Homem mata desafeto e continua vendendo picolé nas ruas da cidade
PERIGO DA NARGUILÉ
Jovem contrai doença após fumar narguilé e alerta: 'Abandonem essa porcaria'
100 CULTURA
Escola joga pela janela livros que recebeu como doação
EMPREGADO
Jovem que salvou criança de ataque de pitbull consegue emprego
DINHEIRO NA PRAÇA
Começa hoje o pagamento de abono salarial do PIS-Pasep