Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Partidos estimam gastar R$ 58 milhões na Capital

6 Jul 2004 - 08h25
Os cinco candidatos a prefeito de Campo Grande e 315 disputando 21 vagas de vereador estimam gastar R$ 58,6 milhões na campanha eleitoral. Esse dinheiro será para pagamento de cabos eleitorais, comitês, propagandas, produção de horário gratuito nas emissoras de rádio e televisão, comícios e outros gastos. Com esse orçamento, o custo calculado por voto do campograndense – 469,509 mil eleitores – será de R$ 124,8. Dividindo os gastos, os candidatos a prefeito vão desembolsar R$ 11,57 milhões e os 315 a vereador, R$ 47,03 milhões. 
A campanha mais cara será a do PMDB com os aliados: R$ 31 milhões. O partido e seus parceiros calcularam custo de R$ 28 milhões com seus 140 candidatos a vereador. Média de R$ 200 mil para cada um gastar na batalha por voto, enquanto o partido pretende desembolsar R$ 3 milhões para a campanha do deputado estadual Nelsinho Trad.

   

A matéria completa você encontra no jornal Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário