Menu
SADER_FULL
segunda, 22 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Partidos estimam gastar R$ 58 milhões na Capital

6 Jul 2004 - 08h25
Os cinco candidatos a prefeito de Campo Grande e 315 disputando 21 vagas de vereador estimam gastar R$ 58,6 milhões na campanha eleitoral. Esse dinheiro será para pagamento de cabos eleitorais, comitês, propagandas, produção de horário gratuito nas emissoras de rádio e televisão, comícios e outros gastos. Com esse orçamento, o custo calculado por voto do campograndense – 469,509 mil eleitores – será de R$ 124,8. Dividindo os gastos, os candidatos a prefeito vão desembolsar R$ 11,57 milhões e os 315 a vereador, R$ 47,03 milhões. 
A campanha mais cara será a do PMDB com os aliados: R$ 31 milhões. O partido e seus parceiros calcularam custo de R$ 28 milhões com seus 140 candidatos a vereador. Média de R$ 200 mil para cada um gastar na batalha por voto, enquanto o partido pretende desembolsar R$ 3 milhões para a campanha do deputado estadual Nelsinho Trad.

   

A matéria completa você encontra no jornal Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'