Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 22 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Partidos deflagram campanha de José Serra em Mato Grosso do Sul

8 Jun 2010 - 09h08Por Conjuntura Online

Dirigentes partidários traçaram nesta segunda-feira metas visando deflagrar a campanha de José Serra (PSDB-SP) à Presidência da República em Mato Grosso do Sul.

Os detalhes para a vinda de Serra ao Estado na próxima quinta-feira, dia 10, foram definidos durante reunião ocorrida a tarde no diretório regional do PSDB, em Campo Grande.

Serra desembarca no Aeroporto Internacional de Campo Grande por volta das 16h, devendo ser recepcionado pelo governador André Puccinelli (PMDB), parlamentares e lideranças partidárias.

Do Aeroporto, o presidenciável tucano sairá direto para o Clube Estoril, onde concederá entrevista coletiva às 16h30, meia hora antes da abertura do ato público.

Ficou definido que cada dirigente dos partidos envolvidos na campanha convocará sua militância tanto do interior quanto da Capital. A idéia é fazer uma grande mobilização visando dar musculatura ao evento e fortalecer a campanha de Serra em Mato Grosso do Sul, conforme explicou Reinaldo Azambuja.

“Nós estamos na campanha e vamos vencer as eleições tanto para o governo do Estado quanto para presidente”, previu Ivan Louzada, ao confirmar a vinda do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, para prestigiar o ato político.

Louzada disse que o presidente nacional do partido chegará um dia antes do evento. “Vamos inclusive fazer uma reunião -almoço com o Roberto Jefferson, os dirigentes municipais, prefeitos e vereadores do partido”, antecipou.

Ele comentou que irá tentar reunir Roberto Jefferson com o governador como forma de solidificar ainda mais o pacto firmado entre o PTB e o seu projeto de reeleição.

A mobilização empolgou o presidente regional do PPS, Athayde Nery. “Capivara fora do bando vira comida de onça, fico feliz de ver o bloco ampliado”, declarou o dirigente ao saber de novas adesões. 

Apesar do clima de entusiasmo dentro do Bloco Democrático Reformista (PSDB, DEM e PPS), a maior preocupação das lideranças partidárias é com a indicação do candidato a vice na chapa de Serra, que está empatado nas pesquisas de intenção de voto com Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à sucessão do presidente Lula.

O encontro contou com a presença dos deputados estaduais Reinaldo Azambuja ( presidente regional do PSDB), Ary Rigo (PSDB), Professor Rinaldo (PSDB), Júnior Mochi (PMDB) e Youssif Domingos (PMDB); dos presidentes regionais do PTB, Ivan Louzada; do PPS, Athayde Nery; do PMN, Adalton Garcia, do PMDB, Esacheu Nascimento; e de representantes do DEM, Lourival Fagundes e Waltinho Carneiro, do deputado estadual Zé Teixeira (DEM) e do vice-governador Murilo Zauith (DEM).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil