Menu
SADER_FULL
sábado, 22 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Partidos deflagram campanha de José Serra em Mato Grosso do Sul

8 Jun 2010 - 09h08Por Conjuntura Online

Dirigentes partidários traçaram nesta segunda-feira metas visando deflagrar a campanha de José Serra (PSDB-SP) à Presidência da República em Mato Grosso do Sul.

Os detalhes para a vinda de Serra ao Estado na próxima quinta-feira, dia 10, foram definidos durante reunião ocorrida a tarde no diretório regional do PSDB, em Campo Grande.

Serra desembarca no Aeroporto Internacional de Campo Grande por volta das 16h, devendo ser recepcionado pelo governador André Puccinelli (PMDB), parlamentares e lideranças partidárias.

Do Aeroporto, o presidenciável tucano sairá direto para o Clube Estoril, onde concederá entrevista coletiva às 16h30, meia hora antes da abertura do ato público.

Ficou definido que cada dirigente dos partidos envolvidos na campanha convocará sua militância tanto do interior quanto da Capital. A idéia é fazer uma grande mobilização visando dar musculatura ao evento e fortalecer a campanha de Serra em Mato Grosso do Sul, conforme explicou Reinaldo Azambuja.

“Nós estamos na campanha e vamos vencer as eleições tanto para o governo do Estado quanto para presidente”, previu Ivan Louzada, ao confirmar a vinda do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, para prestigiar o ato político.

Louzada disse que o presidente nacional do partido chegará um dia antes do evento. “Vamos inclusive fazer uma reunião -almoço com o Roberto Jefferson, os dirigentes municipais, prefeitos e vereadores do partido”, antecipou.

Ele comentou que irá tentar reunir Roberto Jefferson com o governador como forma de solidificar ainda mais o pacto firmado entre o PTB e o seu projeto de reeleição.

A mobilização empolgou o presidente regional do PPS, Athayde Nery. “Capivara fora do bando vira comida de onça, fico feliz de ver o bloco ampliado”, declarou o dirigente ao saber de novas adesões. 

Apesar do clima de entusiasmo dentro do Bloco Democrático Reformista (PSDB, DEM e PPS), a maior preocupação das lideranças partidárias é com a indicação do candidato a vice na chapa de Serra, que está empatado nas pesquisas de intenção de voto com Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à sucessão do presidente Lula.

O encontro contou com a presença dos deputados estaduais Reinaldo Azambuja ( presidente regional do PSDB), Ary Rigo (PSDB), Professor Rinaldo (PSDB), Júnior Mochi (PMDB) e Youssif Domingos (PMDB); dos presidentes regionais do PTB, Ivan Louzada; do PPS, Athayde Nery; do PMN, Adalton Garcia, do PMDB, Esacheu Nascimento; e de representantes do DEM, Lourival Fagundes e Waltinho Carneiro, do deputado estadual Zé Teixeira (DEM) e do vice-governador Murilo Zauith (DEM).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH