Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Parreira pode perder "estrelas" nas Eliminatórias

16 Ago 2004 - 16h49

A seleção brasileira embarcou no final da noite deste domingo e já está em Santo Domingo, na República Dominicana, de onde seguirá para o Haiti, na quarta-feira, para realizar o 'Amistoso da Paz' contra a equipe centro-americana, no mesmo dia, às 14h30m (horário de Mato Grosso do Sul).

O treinador Carlos Alberto Parreira, porém, pode ter alguns empecilhos quanto à escalação da equipe. Mais uma vez, o Milan não liberou o goleiro Dida, o lateral Cafu e o meia Kaká. Apesar do jogo ser realizado em uma data-Fifa, o clube italiano optou pela queda-de-braço com a CBF e o técnico pensa em não relacionar os atletas para dois importantes jogos em setembro. No dia 5, a seleção joga contra a Bolívia, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa de 2006, e no dia, realizada um amistoso contra a Alemanha, em Berlim.

”A CBF tinha que tomar uma posição. Não é a primeira, nem a segunda. É a terceira ou a quarta vez que o Milan faz isso, em uma demonstração inequívoca de má vontade em não ceder os jogadores”, afirmou Parreira.

O treinador tinha relacionado os 18 jogadores da seleção, com os cinco não liberados. Depois chamou o zagueiro Cris, do Cruzeiro, e na última sexta-feira relacionou mais seis atletas: o goleiro Fernando Henrique e o meia Roger, do Fluminense; os meias Magrão e Pedrinho, do Palmeiras; o lateral Adriano, do Coritiba, e o atacante Nilmar, do Internacional.

O Brasil lidera uma missão de paz da ONU (Organização das Nações Unidas) no Haiti. O País vive crise política desde o início do ano, quando rebeldes avançaram contra a capital do País e provocaram a renúncia do então presidente Jean-Bertrand Aristide.

Lula irá assistir ao jogo em Porto Príncipe. Ele chegará no País na manhã do dia 18 e embarcará de volta a Brasília após a partida. A seleção também ficará apenas durante o dia do jogo no país. O elenco sairá de Miami pela manhã e retornará aos EUA no final da tarde.

Seleção faz apenas um treino

Os jogadores da seleção têm a segunda-feira livre em Santo Domingo e vão treinar nesta terça, às 15h, no estádio Olímpico da cidade, na única movimentação marcada para a partida.

Na única vez em que enfrentou o Haiti, no dia 21 de abril de 1974, em Brasília, a seleção, comandada na época pelo coordenador-técnico Zagallo, goleou por 4 a 0, gols de Paulo César Caju, Marinho Chagas, Rivelino e Edu. Informações do Globo On line

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas
BBB 18
'BBB 18': Gleici fala sobre planos para mudar a vida após vencer o programa
Novela Global
Fim de 'Outro lado': Clara declara amor a Gael
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Tapetão
MP entra no caso e Palmeiras se 'arma' para anular a final do Paulistão
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
VICENTINA - PAIXÃO DE CRISTO
Assista a 'Paixão de Cristo' realizada pela Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos em Vicentina
BBB 18 - Final
Campeã do 'BBB18', Gleici quer manter romance com Wagner: 'Lutei pra conquistar'