Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Parlamentares tentam votar projeto sobre verbas do PAC

6 Jul 2010 - 16h10Por De Brasília

O Congresso realiza sessão conjunta nesta quarta-feira (7), às 11h, no Plenário da Câmara, para deliberar sobre oito projetos que tratam de matérias orçamentárias.

O primeiro deles é o PLN 3/10, que autoriza o governo a remanejar até 30% das verbas destinadas ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) previstas no orçamento de 2010. Atualmente, a margem de remanejamento é de até 25% do valor de cada projeto do PAC.

Essa será a quarta sessão do Congresso convocada para examinar a matéria. Nas sessões realizadas em 27 de maio e 23 de junho o texto não foi votado por falta de acordo.

Na sessão do dia 29 de junho o governo tentou votar o projeto, mas não havia parlamentares da base governista para garantir quórum, caso fosse pedida a verificação da presença de parlamentares, como sugeriu o líder do PSDB na Câmara, Antonio Carlos Pannunzio (SP). Com isso, a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), que presidia a sessão, decidiu adiar a votação.

De autoria do Executivo, o projeto foi aprovado pela CMO (Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização) sob a forma de substitutivo, relatado pelo deputado Carlos Abicalil (PT-MT).

Cargos

Outro projeto a ser votado na sessão, também de autoria do Executivo, altera parte da lei orçamentária de 2010 (Lei 12.214/10) para ampliar o provimento de cargos na administração pública. De acordo com esse projeto (PLN 8/10), haveria um acréscimo de 6.599 cargos no governo (Presidência da República e 11 ministérios).

Com isso, o número de cargos passaria dos atuais 25.148 para 31.747, segundo o relator da matéria na CMO, deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), cujo parecer foi favorável à proposta.

O deputado informa ainda que haverá acréscimo de R$ 285,7 milhões ao limite financeiro relativo ao exercício de 2010 e acréscimo de R$ 530,4 milhões ao limite financeiro relativo à despesa anualizada.

De acordo com o Executivo, esse projeto viabilizará a realização de concursos públicos e a formação do quadro de pessoal de entidades criadas entre o final de 2009 e o início de 2010, especialmente no âmbito do Ministério da Pesca e Aquicultura e na Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar).

Outros seis projetos que constam da pauta tratam da abertura de créditos especiais e suplementares do orçamento de 2010 para ministérios e órgãos públicos.

O maior volume de recursos consta do PLN 7/10, que abre aos orçamentos fiscal e da seguridade social crédito suplementar de R$ 3,4 bilhões em favor da Presidência da República e dos Ministérios das Minas e Energia e das Cidades.
Helena Daltro Pontual / Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'