Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 18 de julho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Parlamentares tentam votar projeto sobre verbas do PAC

6 Jul 2010 - 16h10Por De Brasília

O Congresso realiza sessão conjunta nesta quarta-feira (7), às 11h, no Plenário da Câmara, para deliberar sobre oito projetos que tratam de matérias orçamentárias.

O primeiro deles é o PLN 3/10, que autoriza o governo a remanejar até 30% das verbas destinadas ao PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) previstas no orçamento de 2010. Atualmente, a margem de remanejamento é de até 25% do valor de cada projeto do PAC.

Essa será a quarta sessão do Congresso convocada para examinar a matéria. Nas sessões realizadas em 27 de maio e 23 de junho o texto não foi votado por falta de acordo.

Na sessão do dia 29 de junho o governo tentou votar o projeto, mas não havia parlamentares da base governista para garantir quórum, caso fosse pedida a verificação da presença de parlamentares, como sugeriu o líder do PSDB na Câmara, Antonio Carlos Pannunzio (SP). Com isso, a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), que presidia a sessão, decidiu adiar a votação.

De autoria do Executivo, o projeto foi aprovado pela CMO (Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização) sob a forma de substitutivo, relatado pelo deputado Carlos Abicalil (PT-MT).

Cargos

Outro projeto a ser votado na sessão, também de autoria do Executivo, altera parte da lei orçamentária de 2010 (Lei 12.214/10) para ampliar o provimento de cargos na administração pública. De acordo com esse projeto (PLN 8/10), haveria um acréscimo de 6.599 cargos no governo (Presidência da República e 11 ministérios).

Com isso, o número de cargos passaria dos atuais 25.148 para 31.747, segundo o relator da matéria na CMO, deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), cujo parecer foi favorável à proposta.

O deputado informa ainda que haverá acréscimo de R$ 285,7 milhões ao limite financeiro relativo ao exercício de 2010 e acréscimo de R$ 530,4 milhões ao limite financeiro relativo à despesa anualizada.

De acordo com o Executivo, esse projeto viabilizará a realização de concursos públicos e a formação do quadro de pessoal de entidades criadas entre o final de 2009 e o início de 2010, especialmente no âmbito do Ministério da Pesca e Aquicultura e na Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar).

Outros seis projetos que constam da pauta tratam da abertura de créditos especiais e suplementares do orçamento de 2010 para ministérios e órgãos públicos.

O maior volume de recursos consta do PLN 7/10, que abre aos orçamentos fiscal e da seguridade social crédito suplementar de R$ 3,4 bilhões em favor da Presidência da República e dos Ministérios das Minas e Energia e das Cidades.
Helena Daltro Pontual / Agência Senado

Deixe seu Comentário

Leia Também

BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso
ATENTADO
Saiba quem é a mulher que empurrou padre Marcelo Rossi do palco
ASSALTANTES
Agricultor reage e mata dois ladrões que tentavam assaltar propriedade
ARREPENDEU
Ladrão devolve roupas e pede desculpas em bilhete: “Estava desesperado, não sou disso”
100 SAQUE
Governo quer que funcionário demitido não possa sacar FGTS
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz ouve Josiane e Régis transando em 'A dona do pedaço'
SE DEU MAL
Ladrão tenta assaltar caminhoneiro arma de brinquedo e morre ao levar três tiros de verdade
COPA DO BRASIL
Athletico-PR elimina Flamengo nos pênaltis e garante vaga na semi da Copa do Brasil
COPA DO BRASIL
Com polêmica e expulsão, Internacional avança para a semifinal ao eliminar o Palmeiras