Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Parlamentares punidos do PT contestam decisão

30 Jun 2004 - 16h41
Os parlamentares do PT punidos por terem votado contra a proposta do Governo para o salário mínimo se reuniram hoje para redigir o recurso que será encaminhado à Direção Nacional do partido contestando a decisão. No texto, segundo o deputado Chico Alencar (RJ), eles irão alegar que não tiveram direito de defesa.

O grupo é formado por nove deputados: Ivan Valente (SP), Chico Alencar (RJ), Dra Clair (PR), Walter Pinheiro (BA) e João Alfredo (CE), que foram punidos pela segunda fez, e Mauro Passos (SC), Orlando Fantazini (SP), Luiz Alberto (BA) e Maninha (DF), punidos pela primeira vez. Além deles, os senadores Paulo Paim (RS), Serys Slhessarenko (MT) e Flavio Arns (PR) também foram advertidos pelo partido. Na tarde de hoje, eles darão uma entrevista coletiva.

A Comissão Executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu na última segunda-feira punir os parlamentares que votaram contra o salário-mínimo de R$ 260 apresentado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os rebeldes que votaram pelo substitutivo apresentado pelo PFL, prevendo um mínimo de R$ 275, não poderão mais representar o partido em comissões, seja na Câmara ou no Senado.

A cúpula do partido considerou esta uma punição branda, visto que os parlamentares que haviam votado contra o governo na reforma da Previdência foram expulsos do partido.
 

Agência Nordeste

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal