Menu
SADER_FULL
domingo, 19 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Para Resende, falsas promessas levarão Tetila à derrota

15 Jul 2004 - 17h44
 

O presidente regional do PPS, deputado federal Geraldo Resende, disse hoje à tarde que o PT vai experimentar uma grande derrota nas eleições municipais de Dourados neste ano, alimentada pelo fato de não ter cumprido promessas sociais feitas na campanha a prefeito de 2000, quando a sigla elegeu o prefeito Laerte Tetila.

Resende, que já foi aliado de Tetila e integra hoje a coligação composta, além do PPS, pelo PDT, PFL, PSDB, PMDB, PTB e PTC, falou que a candidata do bloco político a que pertence, vereadora Bela Barros (PDT), vencerá as eleições justamente em função da inércia política de Tetila.

O dirigente do PPS acusou Tetila de ter incentivado o empreguismo, perseguições a aliados e membros do próprio PT e o uso de programas sociais, ligados ao seu partido, para conseguir o respaldo político à sua administração na segunda maior cidade do Estado.

“O Tetila abusou de políticas assistencialistas e de números falsos de sua administração para se manter em evidência na política de Dourados”, disse Resende, que ressaltou que o prefeito frustrou, junto a principalmente às camadas mais pobres daquela cidade, projetos sociais prometidos em campanha.

“Ele está usando os excluídos para se manter no poder”, assinalou o dirigente do PPS. Resende lembrou que Tetila ampliou o número de servidores contratados na prefeitura daquela cidade de cerca de três mil em 2000 para mais de 5,4 mil neste ano, a maioria ligados ao PT. Ele falou também que no período Tetila ampliou a folha de pagamento na prefeitura de R$ 2,8 milhões para cerca de R$ 5,4 milhões.

“Além disso, Tetila criou taxas, ampliou os efeitos da indústria das multas e elevou os valores de tributos como o ISS e o IPTU, providências que sempre condenou antes de ser eleito”, assinalou Resende. O deputado do PPS também falou que a política de saúde adotada por Tetila culminou, nos seis primeiros meses deste ano, com pelo menos onze mortes de mulheres gestantes em função da falta de assistência médica nas unidades do gênero daquela cidade.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADE - SUSPIROS
Sem calcinha, Juju Salimeni compartilha foto ousada
VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Confira o cardápio do delicioso almoço neste domingo no Pesqueiro 7 Bello em VICENTINA
CRIME PASSIONAL
Marido flagra esposa com suposto amante e caso termina em morte
NOVELA GLOBAL
Remy pode não ter morrido em 'Segundo sol'; veja os indícios
TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato