Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 18 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Para Fabinho, vaga na Libertadores é o que "resta" ao Timão

20 Set 2004 - 16h56
Para o volante corintiano Fabinho, o empate contra o São Paulo por 0 a 0, no domingo, no Morumbi, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, acabou com as pretensões de sua equipe de conquistar o título.

"Todo mundo sonhava com o título, mas sabíamos que seria difícil. Agora, temos que nos concentrar pela disputa das vagas na Libertadores, pois é o que nos resta", disse Fabinho, em entrevista à rádio Jovem Pan.

O Corinthians ocupa a décima posição, com 48 pontos --dez atrás do líder Santos. Matematicamente, a equipe do Parque São Jorge ainda tem chances de ser campeão, pois pode chegar aos 93 pontos.

No clássico de ontem contra os são-paulinos, o volante recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca sua equipe contra o Goiás, no próximo domingo, em casa, pela 32ª rodada da competição nacional.

Sobre o empate em 0 a 0, Fabinho considerou o resultado normal. "Era um clássico. As duas equipes entraram com a mesma proposta [marcação forte], pois ninguém queria perder", completou o jogador.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINENSE DE CORAÇÃO
Após 30 anos dividindo palco, Erika Figueiredo aposta no solo e lança clipe, ASSISTA
SIAMESAS
Mulher dá à luz gêmeas siamesas de 3,700KG as duas
ACIDENTE DE TRABALHO
Homem morre ao ser puxado por colheitadeira quando fazia limpeza
TENTATIVA DE HOMICIDIO
Cansada de apanhar mulher desfere golpes de faca em companheiro
POLICIAIS CORRUPTOS
PMs são denunciados por ligação com tráfico; bandidos fizeram foto em caveirão
NOVELA GLOBAL
Camilo descobre segredo de Chiclete e Vivi em 'A dona do pedaço'
LIBERADO
PIS/Pasep para nascidos em agosto já está liberado
ALUCIENÓGENO
Video: Vovó fica doidona ao provar acidentalmente maconha do neto
TARADO AGIU NA IGREJA
Homem é preso após abusar de criança de 4 anos dentro de igreja
CRUELDADE
Adolescente que estava desaparecido foi brutalmente assassinado e queimado