Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 21 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Palocci fala em não renovar com o FMI

2 Out 2004 - 07h40
O Brasil só renova o acordo com o Fundo Monetário Internacional em março de 2005 em caso de uma crise internacional e, no momento, a única questão que pode criar problemas é a alta do preço do petróleo. A avaliação foi feita ontem pelo ministro da Fazenda Antonio Palocci, em Washington, na véspera da abertura oficial da reunião anual do FMI.

"Em setembro, quando fizemos um acordo de caráter preventivo, a nossa previsão era que esse seria o último. Naquela época tínhamos cenários prováveis e o cenário mais benigno se estabeleceu. O que pode trazer uma questão nova é uma mudança no cenário mundial", conforme publica hoje o jornal O Globo.

Palocci acredita que a alta de juros nos Estados Unidos e a redução do crescimento na China, temas que preocuparam a comunidade internacional no ano passado, não devem ameaçar o crescimento mundial. "Dentro dessas questões que eram problema, eu vejo como o único ponto de pauta o preço do petróleo", afirmou o ministro.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCASO
Bebê morre após parto feito pelo pai em ambulância sem médico
FAMOSIDADES
Aos 58 anos, atriz Tássia Camargo sofre infarto e está na UTI de Hospital em Portugal
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos