Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 25 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Palocci fala em não renovar com o FMI

2 Out 2004 - 07h40
O Brasil só renova o acordo com o Fundo Monetário Internacional em março de 2005 em caso de uma crise internacional e, no momento, a única questão que pode criar problemas é a alta do preço do petróleo. A avaliação foi feita ontem pelo ministro da Fazenda Antonio Palocci, em Washington, na véspera da abertura oficial da reunião anual do FMI.

"Em setembro, quando fizemos um acordo de caráter preventivo, a nossa previsão era que esse seria o último. Naquela época tínhamos cenários prováveis e o cenário mais benigno se estabeleceu. O que pode trazer uma questão nova é uma mudança no cenário mundial", conforme publica hoje o jornal O Globo.

Palocci acredita que a alta de juros nos Estados Unidos e a redução do crescimento na China, temas que preocuparam a comunidade internacional no ano passado, não devem ameaçar o crescimento mundial. "Dentro dessas questões que eram problema, eu vejo como o único ponto de pauta o preço do petróleo", afirmou o ministro.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção