Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 21 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Pai de vereador é suspeito de matar prefeito de cidade de Goiás

3 Set 2010 - 13h29Por Folha Online

A Polícia Militar procura o suspeito de matar o prefeito Divaldo Wiliam Rinco (PSDB), de Alto Paraíso de Goiás (GO), na noite de quinta-feira (2). De acordo com a polícia, o suspeito é pai de um vereador da cidade e está foragido.

Testemunhas relataram à polícia que o suspeito entrou em um bar onde estava o prefeito. Ele chamou Rinco para fora do bar, ainda conforme a polícia, e logo foram ouvidos dois tiros.

O suspeito, identificado como Ari, correu por um matagal nas proximidades com a arma e deixou seu caminhão estacionado no local, no bairro Cidade Alta. De acordo com sargento Carlos Alberto Pereira, ainda é prematuro dizer que houve motivação política.

As testemunhas estão sendo ouvidas desde a manhã desta sexta. O corpo do prefeito foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Formosa e está previsto para chegar às 14h em Alto Paraíso, de acordo com Pereira. O enterro deve ocorrer no sábado (4). O prefeito estava em seu terceiro mandato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso