Menu
SADER_FULL
quarta, 17 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Pagode brasileiro tumultua vôo da volta da Seleção

26 Jul 2004 - 16h15
Ao som de pagode, e bastante festejada pelos torcedores, a Seleção Brasileira embarcou nesta tarde de volta para casa. Na bagagem, o título da Copa América, conquistado na tarde de domingo após a vitória nos pênaltis sobre a Argentina.

A empolgação dos jogadores era tão grande que os comissários de bordo precisaram pedir para que a batucada cessasse, e que todos ocupassem os seus lugares para que o avião pudesse decolar.

A ordem foi cumprida apenas pela metade: de seus lugares, jogadores e comissão técnica continuaram cantarolando e tocando instrumentos.

Desde a saída do hotel, o grupo foi aplaudido por peruanos em todo o trajeto do ônibus que levou o time ao aeroporto. No saguão, um encontro de modalidades: integrantes de outra seleção nacional, a de badminton (que disputava um torneio no Peru), se juntaram aos futebolistas para fotos e autógrafos.

A turma do samba, como sempre, era a mais animada. Maicon, Júlio Baptista, Edu e Diego são os jogadores que comandaram a festa, com instrumentos musicais que contagiaram os outros passageiros do vôo que traz a delegação de volta.

Os pagodeiros da Seleção estavam desfalcados de Luisão. O zagueiro, que passou a noite num hospital após sofrer um choque contra um rival na decisão, ainda estava em recuperação e preferiu ficar afastado do barulho.

Homenagem
Após a conquista da Copa América, dois jogadores da Seleção Brasileira receberam homenagens especiais nesta segunda-feira: o aniversariante Maicon e o zagueiro Luisão, que saiu do hospital de manhã.

Durante o almoço, em Lima, a delegação providenciou um bolo e cantou os parabéns para o lateral-direito. O curioso é que no ano passado, Maicon também comemorou o aniversário com os companheiros da Seleção, na Copa Ouro.

"Não poderia haver presente melhor", disse o jogador do Cruzeiro.

Já Luisão, que não pôde comemorar o título com o restante do grupo no gramado pois foi levado ao hospital devido a uma fratura no osso da face, recebeu a medalha de campeão das mãos do supervisor Américo Faria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo