Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

PAC/Funasa modifica estrutura de saneamento de Bela Vista

22 Jul 2010 - 16h34Por Conjuntura Online

O município de Bela Vista, a pouco mais de 350 quilômetros de Campo Grande, está recebendo do PAC/FUNASA mais de seis milhões e meio de reais para serem aplicados em água e esgoto.

Para ampliação do Sistema de Abastecimento de Água está sendo investido mais de R$ 1,6 milhões na perfuração de três poços tubulares profundos, reservatório de 25 mil litros, recuperação da ETA (Estação de Tratamento de Água), implantação de 22.370 metros de rede de água e ampliação da rede em mais 286 ligações domiciliares.

Em Esgotamento Sanitário, os recursos destinados são superiores a R$ 4,2 milhões para a construção de 8.700 metros de rede coletora, 1300 unidades de ligações domiciliares e estação elevatória, na primeira etapa.

Já na segunda fase das obras do PAC no município, serão construídos 9.920 metros de rede coletora, 1.479 ligações domiciliares, estação elevatória, 170 metros e laboratório de análise.

O PAC/FUNASA investiu em Bela Vista no início de 2009, R$ 900 mil para construção de mais de 250 MSD (Módulos Sanitários Domiciliares) distribuídos em 18 bairros, contemplando aproximadamente 1.150 habitantes.

Estas ações ajudaram a modificar o perfil de saneamento do município, com a construção de banheiros adaptados a regras de higiene e depósitos de detritos adequados à saúde.

O Coordenador Regional da FUNASA em Mato Grosso do Sul destacou que a rede de esgoto da cidade que até o primeiro semestre de 2010 atendia 20% da população está sendo ampliada para atender 80% do município.

“O abastecimento de água nas casas também está sendo ampliado dos 65% atuais, para 90% dos belavistenses, o que vai refletir, em curto prazo, melhores índices de saúde”, ressaltou o coordenador.

Na aldeia Pirakuá o PAC investiu em 2007 em 10 unidades de Melhorias Sanitárias Domiciliares no valor de R$ 34.821,90 e R$ 42,6 mil em ampliação da Rede de Abastecimento de Água, com 500 metros de rede de distribuição, 22 ligações domiciliares, uma caixa d’água com capacidade de armazenamento para 10 metros cúbicos, além de construção de casa de bomba,favorecendo mais de 100 dos 550 moradores das etnias Terena/Kaiowá.

Em 2008/2009 o PAC/FUNASA destinou R$ 91,500 mil em obras de Ampliação da Rede de Água, para implantação de 1.146 metros de rede de ligação e 19 ligações domiciliares nas aldeias da região.

“É uma mudança do conceito das obras de drenagem, saneamento e, sobretudo de cultura, além de reduzir consideravelmente os índices de transmissão de doenças hídricas”, afirmou Britto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado