Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 12 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Ônibus invade ponto de ônibus e mata pedreste e fere 20 em Contagem-MG

17 Set 2013 - 14h08Por R7

Uma pessoa morreu e pelo menos 20 ficaram feridas após um coletivo invadir um ponto de ônibus na manhã desta terça-feira em Contagem, na região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, o motorista do veículo perdeu o controle direção e subiu na calçada atingindo as vítimas que aguardavam o ônibus na Avenida Cardeal Eugênio Pacceli, no bairro Cidade Industrial.

O condutor do coletivo informou que desmaiou momentos antes do acidente e só retomou a consciência após a batida.

Segundo o Corpo de Bombeiros, entre as vítimas estão os passageiros do ônibus e pessoas que estavam no ponto.  Quatro vítimas ficaram feridas em estado grave. Duas pessoas foram encaminhadas para o Hospital João XXIII, na capital.

Cerca de 60 passageiros estavam dentro do ônibus no momento do acidente.

Todas as vítimas já foram socorridas. O veículo não foi retirado do local, pois existe o risco de queda da estrutura do ponto de ônibus.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede