Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CONTAINER
Brasil

Onda de frio deixa 38 crianças mortas no Peru

20 Jul 2004 - 07h14
A onda de frio que atinge cinco regiões dos Andes peruanos já deixou ao menos 38 crianças mortas desde o final de junho. Foi decretado estado de emergência nestas localidades.

A ONU (Organização das Nações Unidas) informou ontem que irá entregar as autoridades locais US$ 750 mil para que sejam empregados na assistência à população afetada, informou o chanceler peruano, Manuel Rodríguez.

Na semana passada 13 crianças morreram de pneumonia. Elas moravam em áreas situadas a mais de 4 mil metros acima do nível do mar e onde as temperaturas chegaram a ficar 25 graus centígrados abaixo de zero, de acordo com o Ministério da Saúde.

O presidente peruano, Alejandro Toledo, declarou na sexta-feira estado de emergência por 60 dias nos departamentos de Arequipa, Cuzco, Puno, Huancavelica e Moquegua.

A intensa onda de frio no Peru deve-se à chegada de uma massa de ar frio vinda de zonas de grande altitude, que viajam pelo Pacífico entre o Peru e Chile, e que ao encontrar umidade causam fortes nevascas, explicou o meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia e Hidrologia do Peru (Senamhi), Nelson Quispe.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'