Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Once Caldas seguro e otimista para receber o Boca Juniors

30 Jun 2004 - 13h48
Luis Fernando Montoya, técnico do Once Caldas, diz que sua equipe está segura e tranqüila para amanhã, quinta-feira, enfrentar o Boca Juniors no jogo de volta da final da Copa Libertadores, no estádio Palogrande, em Manizales, depois de ter conseguido um empate em 0-0 em Buenos Aires.

"Eu estou tranqüilo porque a equipe está segura, otimista, mas sem excesso de confiança. A torcida tem que ficar calmo porque aqui não há "já ganhou", pelo contrário, o que há é otimismo e segurança nas nossas capacidades", comentou Montoya.

O treinador colombiano ressaltou o alto nível do Boca Juniors, mas está convencido que o Once Caldas, que nunca ganhou a Copa Libertadores, tem condições de entrar na partida sem medo e destronar o atual campeão do torneio.

"Em Manizales demonstraremos que ao lado de sua torcida, em seu estádio e com a altitude, o Once tem capacidade para buscar um resultado positivo e conquistar a Copa Libertadores. Nós sabemos a capacidade do rival, mas não nos vamos esconder debaixo da mesa", disse.

Montoya não confirmou a equipe titular para enfrentar o Boca, mas já recebeu a boa notícia da presença confirmada do meia Arnulfo Valentierra, recuperado de lesão.

O técnico colombiano poderá fazer duas mudanças na equipe, com relação à que jogou na Argentina. A primeiro seria a saída de Diego Arango para a entrada Dayro Moreno, que tem características mais ofensivas.

A segunda seria a presença de Herly Alcázar em substituição a Jorge Agudelo, que ficaria como opção para o segundo tempo.

O Boca Juniors chegou ontem à noite a Pereira com força máxima, incluindo Carlos Tévez, Raúl Cascini, Fabián Vargas e Luis Perea, que não jogaram na partida de ida, mas estão muito bem cotados para voltar amanhã no estádio Palogrande.

A equipe de Carlos Bianchi se mostrou confiante no título mesmo jogando em Manizales, apesar do empate sem gols de Buenos Aires, já que eles puderam tirar vantagem da condição de visitante em outras ocasiões.

"Sabemos que esta será uma partida muito dura, mas nós viemos fazer o que o Boca sabe, que é ganhar", comentou o atacante Guillermo Barros Schelotto, que minimizou a importância da altitude, apesar dos 2.150 metros acima do nível do mar onde está localizada Manizales.

O jogo de amanhã confrontará o experiente Boca Juniors e o novato Once Caldas, que só pensa em dar à Colômbia o segundo título de uma Copa Libertadores, depois do alcançado pelo Atlético Nacional em 1989.

O jogo terá arbitragem do chileno Carlos Chandía, auxiliado pelos também chilenos Cristina Julio e Rodrigo González.

- Prováveis escalações:

Once Caldas: Juan Carlos Henao, Miguel Rojas, Samuel Vanegas, Edgar Cataño, Edwin García, Rubén Velásquez, Dayro Moreno, John Viáfara, Arnulfo Valentierra, Elkin Soto e Herly Alcázar.

Boca Juniors: Roberto Abbondanzieri; Luis Amaranto Perea, Nicolás Burdisso, Rolando Schiavi, Clemente Rodríguez; Javier Villarreal, Raúl Cascini, Fabián Vargas, Diego Cagna; Guillermo Barros Schelotto e Carlos Tevez.

Estádio: Palogrande, em Manizales

Hora: 19:15 local (21:15 de Brasília).

 

EFE

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto