Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de maio de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

OMS destaca vontade política para eliminar a hanseníase

2 Jul 2004 - 09h13
Para eliminar a hanseníase é preciso vontade política. E isso, "felizmente agora é uma realidade". As afirmações são do embaixador da Organização Mundial de Saúde para a Eliminação da Hanseníase, Yokei Sasakawa, em referência ao Plano de Erradicação da Hanseníase do Ministério da Saúde, lançado para estimular o diagnóstico precoce e o combate ao preconceito contra a doença.

O embaixador veio ao Brasil para tratar a questão da hanseníase durante a IX Conferência Nacional de Direitos Humanos e conhecer o programa do Ministério da Saúde. Antes de embarcar de volta para o Japão, na segunda-feira (5), ele terá encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Conhecida também como lepra, a hanseníase ainda hoje é um problema recorrente no Brasil. Causada por uma bactéria, é transmitida por via respiratória e se caracteriza pelo surgimento de manchas brancas e avermelhadas na pele. Segundo dados do Ministério da Saúde, o país é o segundo no mundo em número de doentes – o primeiro é a Índia. Em alguns estados brasileiros são registrados cerca de 20 casos para cada grupo de 10.000 habitantes.
 
Agência Brasil 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias
CONCORRENCIA
Padre Fabio de Mello reclama de Bradesco na internet e é disputado por concorrentes
TRAGEDIA NO CHILE II
Morta com a família no Chile, jovem havia ganhado viagem de presente de 15 anos
MILIONARIO
Aposta de Aramina-SP fatura mais de R$ 11 milhões na Mega-Sena
TRAGÉDIA NO CHILE
Seis brasileiros são achados mortos em apartamento em Santiago, no Chile
BARBÁRIE
Mulher sobrevive a tentativa de feminicídio, mas fica tetraplégica
MAIOR PEDRA DO MUNDO
Homem de 51 anos passa por cirurgia e tem pedra de 1,3 Kg na bexiga