Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

OMS destaca vontade política para eliminar a hanseníase

2 Jul 2004 - 09h13
Para eliminar a hanseníase é preciso vontade política. E isso, "felizmente agora é uma realidade". As afirmações são do embaixador da Organização Mundial de Saúde para a Eliminação da Hanseníase, Yokei Sasakawa, em referência ao Plano de Erradicação da Hanseníase do Ministério da Saúde, lançado para estimular o diagnóstico precoce e o combate ao preconceito contra a doença.

O embaixador veio ao Brasil para tratar a questão da hanseníase durante a IX Conferência Nacional de Direitos Humanos e conhecer o programa do Ministério da Saúde. Antes de embarcar de volta para o Japão, na segunda-feira (5), ele terá encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Conhecida também como lepra, a hanseníase ainda hoje é um problema recorrente no Brasil. Causada por uma bactéria, é transmitida por via respiratória e se caracteriza pelo surgimento de manchas brancas e avermelhadas na pele. Segundo dados do Ministério da Saúde, o país é o segundo no mundo em número de doentes – o primeiro é a Índia. Em alguns estados brasileiros são registrados cerca de 20 casos para cada grupo de 10.000 habitantes.
 
Agência Brasil 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'