Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Oficiais de cartórios em 22 municípios deverão ser afastados

18 Mai 2007 - 05h45
 

A decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que determina o afastamento de titulares de cartórios nomeados sem concurso público em Mato Grosso do Sul a partir de 1989, publicada na terça-feira (15), deve atingir 22 municípios. Cerca de 41 oficiais substitutos precisam ser afastados, e o Estado deverá realizar concurso para o preenchimento dessas vagas.

Relação de comarcas: Amambai, Anaurilândia, Bonito, Caarapó, Camapuã, Campo Grande, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Inocência, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante, Rio Negro, Sidrolândia, Terenos e Três Lagoas.

Segundo o relator do processo, conselheiro Douglas Alencar, alguns cartórios nessas localidades são assumidos por substitutos indicados, isto é, que não prestaram concurso público. O artigo 31 da Constituição Estadual permite a situação, mas contraria a Constituição Federal.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física