Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Número de calotes no cheque é o menor desde 2005

20 Set 2010 - 14h51Por R7

O número de cheques sem fundos emitidos caiu em agosto para o menor patamar em mais de cinco anos. Uma pesquisa da consultoria Serasa Experian mostra que, dos 94,9 milhões de cheques compensados, cerca de 1,5 milhão voltou, ou 1,62% do total. Esse número é o menor desde fevereiro de 2005.

De acordo com a pesquisa, divulgada nesta segunda-feira (20), esse foi o menor volume de cheques devolvidos desde agosto 2004 se forem considerados somente os dados de agosto. No mesmo mês de 2009, dos 101,2 milhões de cheques compensados, 1,9 milhão teve calote.

A Serasa verificou que o uso dos cheques diminuiu entre agosto do ano passado e o de 2010: o número de compensados recuou 9,3%, enquanto o de devolvidos caiu 26,5%.

De janeiro a agosto de 2010, a inadimplência também mostrou dados positivos. Dos mais de 747,5 milhões compensados, pouco mais de 13,6 milhões ficaram sem fundos. A taxa de devolução foi de 1,82%, a menor para os oito primeiros meses desde 2004.

No mesmo período do ano passado, a inadimplência estava em 2,25%. Os economistas da Serasa Experian dizem que o consumidor está utilizando esse meio de pagamento com mais cuidado.

- Diante do endividamento crescente e dos juros mais altos, os consumidores buscam alternativas de crediário com prazos mais longos para suas compras, para reduzir o valor das prestações, utilizando outros meios de financiamento que não o pré-datado.

A perspectiva é de que a inadimplência com cheques continue caindo gradualmente, podendo sofrer algumas pressões com as promoções do Dia das Crianças e das festas de final de ano.

 

De janeiro a agosto, o Amapá foi o Estado com o maior percentual de cheques devolvidos (11,26%). São Paulo, por sua vez, foi o que teve o menor percentual (1,38%). Entre as regiões, o Norte teve o maior número de devoluções de cheques nos oito primeiros meses do ano, com 4,10%. Na outra ponta do ranking está o Sudeste, com 1,49%.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados