Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Nova Andradina tem 471 novas casas

27 Set 2004 - 07h10
Após mais de duas décadas, Nova Andradina volta a receber investimentos na área habitacional. Isso ocorreu durante a atual gestão, que diante do quadro caótico no setor, buscou através de projetos e parcerias beneficiar o município com, pelo menos, dois conjuntos habitacionais. A cidade ganhou os residenciais “Flávio Derzi”, na região do Cemitério Municipal, e o “Argemiro Ortega”, no outro extremo da cidade.
Os dois conjuntos habitacionais proporcionaram influências de diversas formas, no dia a dia da população. Primeiro foi o teto, para 471 famílias que ainda não tinham casa própria. Também, a qualidade de vida, que teve melhorias significativas, libertando inúmeras famílias dos compromissos com aluguéis na região periférica da cidade, até então, considerados pelos usuários como exorbitantes.
Dentro do programa “Nova Moradia”, desenvolvido pela atual administração, um dos objetivos a ser cumprido é o desfavelamento da cidade, com focos novos surgindo a cada dia e nos mais diversas regiões. Lideranças ouvidas pela reportagem asseguram que, ainda existem pessoas morando em condições precárias, porém diminuiu sensivelmente o problema.
Um dos que avalia como positivo o “Nova Moradia” é o líder comunitário Aparecido Soares, presidente da Associação de Moradores do bairro Durval Andrade Filho, que tem o projeto de construção de 22 novas moradias. Segundo os moradores, é uma reivindicação antiga das lideranças do bairro, que vai atender pessoas que hoje residem em condições precárias. O projeto será levado em frente, através da parceria entre o governo do Estado, a Caixa Econômica Federal e o município. O projeto também vai beneficiar o bairro Argemiro Ortega, que terá 28 novas moradias. Um esforço que concentrado, visa assegurar as pessoas contempladas com terrenos a construir.
Os dois bairros fecham uma etapa importante, quando mais 50 famílias terão sua casa própria. “Estou ansiosa para ver o início da construção de minha casa”, disse a moradora Jocinéia Bastos, mãe de dois filhos e que hoje reside em um terreno de propriedade do município.
No bairro Horto Florestal, a prefeitura também desenvolve um projeto, que prevê construir 50 novas moradias. Conforme levantou o Diário MS, neste bairro existem ainda vagas para pessoas interessadas na casa própria.
 
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos