Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

“Nós vamos pedir votos de cabeça erguida, o Estado mudou”, diz MOKA

26 Jun 2010 - 12h30Por Fátima News com Denilson Pinto
Aclamado por mais de cinco mil pessoas que participavam da convenção que lançou a candidatura de André Puccinelli à reeleição, o candidato ao Senado Waldemir Moka, úmero 151, disse que nestes três anos e meio ”o Estado de Mato Grosso do Sul  mudou, por isso nós vamos pedir votos de cabeça erguida”.
Moka disse que o governador André Puccinelli é um vitorioso “porque ninguém fez tanto por este Estado em tão pouco tempo”. De um Estado que não agüentava pagar sequer os salários em dia, hoje Mato Grosso do Sul investe 3 bilhões de reais através do MS Forte.
         Depois de agradecer a confiança dos suplentes, a primeira-dama Maria Antonieta Trad e o vereador Gino Ferreira, de Dourados, Moka disse que “estamos aqui olhando pra vocês nos olhos porque mais de 43 mil famílias vivem com mais dignidade, morando em uma casa própria construída pelo Governo de André Puccinelli”.
O candidato mencionou a pavimentação e recapeamento de 2 mil quilômetros e que “nunca neste Estado um Governo doou uniforme e material escolar para os alunos, incentivando o estudo e a formação de mais de 300 mil estudantes em todos os municípios”. 
Moka assinalou o importante papel dos programas sociais que, hoje, atendem 100 mil famílias, através do Vale Renda e de outros programas sociais.
         Mato Grosso do Sul mudou tanto que há excepcional  interesse das grandes indústrias para se instalar aqui, gerando empregos e trazendo conforto para a nossa gente.
I        PRONTO PARA SER SENADOR  
“Em 3 anos e meio nós ajudamos o André a construir um novo Mato Grosso do Sul, um Estado sério e respeitado em todos os setores e é para continuar trabalhando junto com um Governo do Estado que sou candidato a Senador junto com André, com a Simone e o Murilo”, frisou Moka.
Moka disse que está pronto para ser senador: “são quase 30 anos de vida pública, que começou na Câmara Municipal de Campo Grande, passou pela Assembléia Legislativa do Estado e por três mandatos de deputado federal”.
“Você que me conhece sabe que sou um homem público que não abandona seus amigos, não troca de partido e nem suja as mãos. Elas estão limpas e assim vão continuar”,
No Senado, o principal compromisso é “usar minha experiência, meu conhecimento, meu relacionamento construído ao longo de três mandados de deputado federal para ajudar o governador André Puccinelli a continuar desenvolvendo nosso Estado”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação