Menu
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
segunda, 21 de outubro de 2019
SADER_FULL
Busca
UNIGRAN NET
Brasil

No sufoco, Santos empata e se garante na final do Paulistão

23 Abr 2007 - 04h55

Sem fazer uma exibição brilhante, a equipe do Santos jogou pelo regulamento e ficou em um empate por 0 a 0 com o Bragantino para garantir sua vaga na final do Campeonato Paulista. O grande nome da partida foi o goleiro Fábio Costa, que confirmou a classificação santista.

O gramado muito molhado do Estádio do Morumbi prejudicou à qualidade da partida, principalmente na primeira etapa. A equipe alvinegra encara agora na final o time do São Caetano, que passou pelo São Paulo por 4 a 1, ontem.

Precisando da vitória, o time do Bragantino começou melhor. Logo no primeiro minuto, Antônio Carlos foi enganado pela poça de água. Everton se aproveitou e entrou na cara de Fábio Costa, mas o chute saiu em cima do goleiro.

A equipe santista respondeu no minuto seguinte. Cléber Santana bateu falta com violência. Felipe pulou e não achou nada. A bola passou raspando o travessão.

O Bragantino era mais perigoso no começo do jogo e chegava com frequência ao gol de Fábio Costa. Aos 6min, Júlio César cobrou falta na primeira trave. Adriano desviou de cabeça a bola passou à esquerda do gol.

Aos poucos, o Santos foi melhorando e perdeu grande chance de abrir o marcador aos 24min. Tabata colocou por elevação para Marcos Aurélio. Tiago Vieira acertou o atacante e o árbitro apontou o pênalti. Cléber Santana cobrou com paradinha e mandou na trave direita de Felipe. O próprio jogador pegou o rebote e o árbitro anulou a jogada.

A perda do pênalti fez o Bragantino crescer na partida. Aos 34min, André cobrou bem no canto direito e Fábio Costa espalmou para o lado. Na sobra, Somália chutou mal e jogou pela linha de fundo.

O Santos teve a última chance da primeira etapa. Aos 44min, Cléber Santana recebe boa abertura, dominou e soltou o pé. A bola pegou na rede pelo lado de fora.

A equipe santista começou melhor na segunda etapa. Aos 2min, Rodrigo Tabata chutou bem no ângulo. Felipe pulou e praticou excelente defesa.

A equipe do Santos seguiu melhor. Tabata rolou para Kléber cruzar na medida para Cléber Santana. Cabeçada saiu forte, mas por cima do travessão.

Sabendo que precisava de pelo menos um gol para garantir sua vaga, o Bragantino partiu para o ataque. Aos 28min, Adriano bateu falta bem. Fábio Costa saiu desajeitado e cortou na hora certa.

No final do jogo, a equipe do interior aumentou ainda mais a pressão. Aos 41min, Bill tabelou na área e recebeu na frente. Chute saiu rasteiro e Fábio Costa salvou o Santos. No minuto seguinte, após escanteio, a bola foi desviada na pequena área e tocou no travessão de Fábio Costa.

A última chance do Bragantino aconteceu nos acréscimos. Somália pegou sobra da defesa santista e foi tocado por Zé Roberto. Falta perigosa à favor do Bragantino. André bateu bem por cima da barreira e a bola passou raspando o travessão.

 

Redação Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Mulher desaparecida foi encontrada enterrada com braço para fora em canavial
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violenta colisão entre caminhões mata os dois motoristas
ACIDENTE EM RIO
Barco com seis pessoas vira no Rio. Duas estão desaparecidas
TRISTEZA
Populares encontram corpo de criança desaparecida dentro de córrego
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Reforma da Previdência dos militares pode aumentar salários em até 75%
CENTENÁRIO
Aos 92 anos, Cid Moreira participa de festa pelo centenário de Orlando Drummond
POLEMICA
Sobrinho-neto do pastor Malafaia diz que família o mandou para cura gay: 'Um terror psicológico'
DOENÇA DO SÉCULO
Nego do Borel passa a limpo polêmicas em que se envolveu: Deus não me deixou entrar em depressão
MS FORTE
MS sobe duas posições no Ranking da Competitividade e é 2º em crescimento no cenário nacional
NOVELA GLOBAL
A Dona do Pedaço: Maria da Paz dá rasteira em Fabiana