Menu
SADER_FULL
sábado, 17 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

No Nordeste, 22% dos eleitores recebem a Bolsa Família

8 Jun 2010 - 05h48Por G1

 

Pesquisa Ibope encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo" aponta que 22% dos eleitores da região Nordeste são diretamente beneficiados pelo programa Bolsa Família. Na região Norte/Centro-Oeste, esse percentual cai para 8%. No Sudeste, 7% são beneficiados pelo programa, enquanto no Sul são 5%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 141 cidades do país entre os últimos dias 31 de maio e 3 de junho. A pesquisa foi feita para detectar a intenção de voto do eleitorado e mostrou Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) empatados com 37% das preferências cada. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Considerando a renda familiar, o Ibope mostrou que 25% dos eleitores que têm renda de até um salário mínimo são diretamente beneficiados pelo Bolsa Família.O benefício também atinge 13% dos que ganham entre um e dois salários; 4% dos que ganham entre dois e cinco mínimos e 2% dos que recebem mais de cinco salários mínimos, ou seja mais de R$ 2.550.

Analisando a escolaridade dos beneficiários, a maior faixa está entre os que têm até a quarta série do ensino fundamental, 4%. Somente 1% disse ter ensino superior.

Segundo dados no site do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, com benefício no valor entre R$ 20 e R$ 200, para famílias em situação de pobreza (renda mensal por pessoa de R$ 70 a R$ 140) e extrema pobreza (renda mensal por pessoa de até R$ 70).

Dados da semana passada divulgados pelo governo indicaram que, em todo país, o Bolsa Família atende 12,4 milhões de famílias, totalizando R$ 49,2 milhões de beneficiários - cerca de 25% da população brasileira.

Em todo o país, 11% dos entrevistados disseram ser beneficiados pelo Bolsa Família – os dados do Ibope se referem apenas a eleitores. As informações do governo federal se referem a todos os beneficiários, eleitores ou não, inclusive crianças que recebam o benefício.

Um por cento os ouvidos na pesquisa disse ser beneficiário do Programa "Minha Casa, Minha Vida" e 3% afirmaram receber remédios gratuitamente. 83% dos entrevistados disseram não ser beneficiados por nenhum programa social do governo federal e 1% não sabia ou não quis responder.

Segundo a pesquisa, entre os demais programas sociais do governo federal - Prouni, Fies, Fome Zero, Primeiro Emprego, Inclusão Digital, Luz Para Todos -, o índice de eleitores que declarou ser beneficiado não atingiu 1%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo número 13642/2010.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Gabriel se declara para Luz e os dois se beijam
MULHERES TEM QUE DENUNCIAR
Jovem posta foto com rosto inchado para denunciar agressão do namorado
ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto