Menu
PASSARELA
quarta, 18 de julho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

No jogo da paz, seleção brasileira goleia o Haiti por 6 a 0

18 Ago 2004 - 17h39
A seleção brasileira não teve trabalho para golear o Haiti por 6 a 0, nesta quarta-feira, em um amistoso realizado na cidade de Porto Príncipe, capital haitiana, no chamado "jogo da paz".

A partida foi um pedido do presidente Luis Inácio Lula da Silva. O Brasil lidera as forças de paz no Haiti, que está em crise desde o início do ano, quando rebeldes avançaram contra Porto Príncipe, exigindo a renúncia do presidente Jean-Bertrand Aristide --que diz ter sido forçado a deixar o cargo por EUA e França.

Para controlar a crise, uma força de paz da ONU foi enviada ao país sob liderança dos EUA. Dois meses atrás, o comando foi repassado ao Brasil, que mantém cerca de 1.200 homens no país. O amistoso faz parte do esforço do governo federal para ajudar a força de paz.

Nesta quarta, o presidente Lula fez um discurso para os soldados da brigada brasileira no Haiti antes de se dirigir ao estádio Sylvio Cator, onde acompanhou a partida.

O jogo

Para o técnico Carlos Alberto Parreira, apesar da fragilidade do adversário, que ocupa a posição de número 95 do ranking da Fifa e não tem tradição no futebol, a partida serviu para começar a acertar o time para compromissos mais importantes, no começo de setembro.

No próximo dia 5, a seleção recebe a Bolívia, em São Paulo, numa partida válida pelas eliminatórias sul-americanas à Copa de 2006. Três dias depois, a seleção joga contra a Alemanha, num amistoso que será disputado em Berlim --em 2002, os dois países decidiram a Copa (disputada no Japão e na Coréia do Sul) e o Brasil ficou com o título.

Em campo, o Brasil não demorou muito para mostrar sua superioridade. Logo aos 16min, Ronaldo, atacante do Real Madrid, acertou a trave do Haiti. Quatro minutos depois, Ronaldo tabelou com Roger, do Fluminense, que dominou a bola, se livrou da marcação e, já dentro da área, abriu o placar.

Aos 33min, em grande jogada individual de Ronaldinho, do Barcelona, a seleção brasileira ampliou o resultado. Ele se livrou de quatro marcadores e do goleiro adversário antes de finalizar.

Antes do intervalo, aos 42min, a seleção aumentou novamente com Roger, que recebeu passe de Ronaldo e só teve trabalho de tocar para o gol.

Na etapa final, a seleção, já satisfeita com o placar, diminuiu um pouco o ritmo de jogo. Sem pressionar muito o adversário, o Brasil só ampliou aos 22min, numa cobrança de falta de Ronaldinho --que, no entanto, contou com a falha do goleiro Max.

Aos 37min, Ronaldinho ampliou após receber passe dentro da área. Aos 41min, Nilmar, do Inter-RS, fez o sexto gol da partida.

A seleção se concentrou na cidade de Santo Domingo, na República Dominicana, e só partiu para Porto Príncipe horas antes do início do jogo, por questões de segurança.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval
FUTEBOL PELO MUNDO
Real Madrid se recusa a permitir que Vinícius Júnior permaneça no Flamengo até o final de 2018
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu
CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro