SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 24 de fevereiro de 2018
UNIPAR_468
RIO_DOURADOS
7 de junho de 2010 13h10

No estilo da era Dunga, Brasil bate Tanzânia em último teste pré-Copa

Folha Online

O Brasil venceu a Tanzânia por 5 a 1, nesta segunda-feira, no estádio Nacional, em Dar Es Salaam, e encerrou sua preparação para a Copa do Mundo-2010 esbanjando o mesmo estilo do time em toda a era do técnico Dunga.

Mais do que isto, foi um bom teste para mostrar que o meia Kaká parece estar recuperado fisicamente das dores na coxa. "Sei que falta alguma coisa", afirmou o jogador, em entrevista para a TV Globo. "Ainda estou um pouco preso", completou ele.

Veja os comentários do jogo Tanzânia 1 x 5 Brasil
A equipe brasileira chegou a sofrer uma leve pressão antes de abrir o placar no primeiro tempo e cedia a posse de bola para o adversário. No entanto, foi rápida e eficiente nos contra-ataques para fazer seus gols.

Os contragolpes em velocidade eram puxados sobretudo por Robinho e Michel Bastos, que chegou a dar muito espaço em seu setor defensivo, na lateral esquerda. Kaká, mesmo ainda tímido em campo, marcou para o time na segunda etapa.

Do time considerado titular, apenas o goleiro Julio Cesar, com dores nas costas, não atuou -- ele ficou em Johannesburgo, na África do Sul. Ele foi substituído por Gomes.

O Brasil entrou com Gomes; Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano e Kaká; Robinho e Luis Fabiano.

O jogo

O Brasil levou muitos sustos na primeira etapa, principalmente pelo lado esquerdo da defesa brasileira, já que Michel Bastos atacava demais e cedia muitos espaços.

Mesmo tímido até então no jogo, o time de Dunga abriu o placar aos 10min, e de forma polêmica. Robinho recebeu passe dentro da área e chutou cruzado para marcar. Antes, no entanto, o jogador havia dominado com o braço no começo da jogada. O auxiliar levantou a bandeira, mas o árbitro mandou seguir.

A Tanzânia continuava chegando bem, e Gomes demonstrava segurança no gol. Depois de levar pressão, o Brasil marcou o segundo em um avanço de Michel Bastos pela esquerda. Ele cruzou para Robinho marcar de cabeça.

"A gente tem que melhorar. O time está errando muito na saída de bola", disse Robinho no intervalo.

Na segunda etapa, dentre várias substituições, Dunga foi ousado e testou Ramires de segundo volante. A troca deu certo. O meio-campista do Benfica apareceu como elemento surpresa, driblou um zagueiro e marcou o terceiro.

Depois, Kaká ainda marcou o quarto, de peito, após aproveitar cruzamento da direita. A Tanzânia ainda conseguiu diminuir no final. Azziz aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou com força. Ramires, nos acréscimos, fez o quinto, de cabeça.

Comentários
Veja Também
UNIPAR_300
G&L
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.