Menu
PASSARELA
sábado, 23 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

No Estado, 3,4 mil presos ultrapassam o número de vagas

19 Nov 2004 - 14h19
 

A capacidade carcerária de Mato Grosso do Sul, ou seja, o número de vagas oferecidas pelos presídios do Estado, está excedida em 130,94%. Em números, o índice corresponde a 3.491 detentos que ultrapassam as 2.666 vagas oferecidas pelos 25 estabelecimentos penais de MS, conforme balanço da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema penitenciário). Hoje o Estado mantém 6.157 detentos, entre condenados e os que ainda aguardam por julgamento. Há quatro meses atrás eram 5,9 mil detentos, o que comprova que o índice de superlotação tem aumentado em MS.

Para a Agepen, o problema só poderá ser amenizado com a entrega dos novos presídios que estão sendo construídos em Três Lagoas, Naviraí e Dois Irmãos do Buriti. Em Três Lagoas, por exemplo, onde o número de presos é quase quatro vezes maior que a capacidade do estabelecimento, o novo presídio que deverá ser entregue até o fim do ano, conforme o diretor da Agepen, Luis Carlos Telles, abrirá 300 novas vagas para a região. Já os outros dois presídios em construção, nos municípios de Naviraí e Dois Irmãos do Buriti, serão entregues em março de 2005. Segundo Telles, a inauguração dos três trará mil novas vagas ao sistema.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa
RELIGIÃO
Padre é flagrado dando tapa em criança durante batismo
APOCALIPSE
André (Sidney Sampaio) é assassinado por Ricardo (Sérgio Marone)