Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 18 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

No Brasil, 400 mil crianças trabalham em serviços domésticos

30 Abr 2007 - 10h27
 

Principal ocupação das mulheres no Brasil - empregando 17,5% das trabalhadoras brasileiras -, os serviços domésticos não costumam oferecer nenhum tipo de segurança. A maioria das domésticas está na informalidade e a atividade é também a porta de entrada para crianças no mercado de trabalho.

Em um setor que desrespeita os direitos das trabalhadoras adultas - 27,5% delas recebem menos de um salário mínimo -, a situação das crianças pode ser ainda pior: há menores trabalhando em serviços domésticos por salários de até R$ 30 por mês. Segundo um levantamento da Organização Internacional do Trabalho (OIT), cerca de 400 mil crianças brasileiras, a grande maioria meninas, fazem algum tipo de trabalho doméstico por pouco dinheiro.

É o caso da menina Elizabeth, de 15 anos, que vive no Recife (PE) e recebe R$ 30 mensais para cuidar do filho de uma vizinha. Além disso, ajuda a tomar conta dos irmãos menores em casa. Elizabeth está dois anos atrasada na escola. Ela segue o caminho profissional da mãe, que tem 44 anos, sempre trabalhou como doméstica e nunca teve carteira assinada.

 

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico