Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 25 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

No Beira-Rio, São Paulo disputa seu "jogo do ano" pela Libertadores

28 Jul 2010 - 15h29Por Folha Online

"Finalmente chegou a hora que tanto esperávamos."

"Não tem mais como adiar. Agora, ou fazemos acontecer ou dançamos."

As frases, ditas pelo zagueiro Xandão e pelo goleiro Rogério nesta semana, comprovam que, para os são-paulinos, o esperado "jogo do ano" finalmente chegou.

Em um ano em que o São Paulo se destacou menos por seus feitos em campo e mais por disputas políticas, como o imbróglio envolvendo o Morumbi na Copa de 2014, o duelo desta quarta-feira, às 21h50, contra o Internacional, pelas semifinais da Libertadores, tem como maior efeito fazer com que o futebol volte a ser protagonista no clube.

Os 90 minutos do confronto de hoje à noite, no lotado Beira-Rio, reeditam a final da Libertadores de 2006, vencida pelo time gaúcho, e tornam-se ainda mais importantes devido ao mau momento da equipe de Ricardo Gomes após a retomada do Campeonato Brasileiro.

Foram três derrotas e um empate nas quatro últimas partidas --um ponto conquistado em 12 possíveis.

A justificativa para o fracasso são-paulino no segundo semestre foi uma só: o foco dos jogadores estava somente na Libertadores-2010.

"Há muito tempo nossa cabeça está voltada para este jogo", disse Ricardo Gomes.

Mais precisamente, desde o fim da noite de 19 de maio, quando o São Paulo confirmou sua passagem para a semifinal da Libertadores com uma vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Morumbi.

E, se não repetir o sucesso contra os gaúchos, hoje e no dia 5, na partida de volta, no Morumbi, o São Paulo deverá sofrer mudanças profundas.

Ricardo Gomes, contestado por parte da torcida e da diretoria são-paulina, não deverá permanecer em caso de fracasso na Libertadores.

Na semana passada, rumores de demissão rondaram o técnico depois do empate em 1 a 1 contra o Grêmio Prudente, pelo Brasileiro.

O elenco também deverá sofrer modificações. O fim da Libertadores deve significar também a despedida dos principais jogadores do clube, como Miranda, Hernanes e Dagoberto, que esperam propostas de clubes do exterior durante a janela europeia de transferências.

Por outro lado, uma vitória são-paulina diante do Internacional, rival considerado favorito inclusive pelos jogadores do time paulista, significaria a vitória do "planejamento" pregado pelos atletas e por Ricardo Gomes.

"É a hora de mostrarmos que o nosso trabalho foi benfeito e mostrar nosso melhor futebol", declarou Xandão.

NA TV
Inter x São Paulo
21h50
Globo, Sportv e BandSports

Deixe seu Comentário

Leia Também

MÚSICA
Marilia Mendonça recorda foto de antes da fama com Cristiano Araújo: 'Saudade'
INFANTICIDIO
Mãe de garotinha morta em Arapongas apanha na cadeia e confirma abusos e agressões – OUÇA ÁUDIO
MORTE ABSURDA
Mulher é morta a tiros após briga por levar bolo e não salgado a festa
AFOGAMENTO
Criança de 8 anos morre afogada ao cair em represa de pesqueiro
CAMPEÃ DO MUNDO FUTSAL
Não deu na Copa, mas deu no Futsal: Campeãs mundiais
RESPIRA POR APARELHOS
Hospital divulga boletim sobre estado de filho de Huck e Angélica
FAMOSIDADES
Filho de Angélica e Luciano Huck sofre acidente com wakeboard em Ilha Grande
DUPLO ASSASSINATO
Criança vê execução de pai e mãe em menos de 6 meses
COPA AMÉRICA
Brasil joga bonito, goleia Peru e se classifica em primeiro, veja os gols
SELFIE MORTAL
Jovem morre ao tentar tirar selfie na estação de trem do Riachuelo