Menu
SADER_FULL
sábado, 25 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

NF Eletrônica começa a prejudicar empresas em MS

9 Jul 2010 - 06h03Por MS Notícias

A tão festejada Nota Fiscal Eletrônica começa a atrapalhar os empresários de Mato Grosso do Sul, especialmente em Campo Grande, onde a prefeitura montou uma equipe muito pequena para administrar o sistema automatizado.

Na semana passada, empresas ficaram sem poder emitir Nota Fiscal de Serviços Eletrônica em Campo Grande por falha no sistema da prefeitura. Nesta semana, ninguém consegue emitir Certidão Negativa de Débito Mobiliário, exigida pela própria municipalidade como pressuposto para participação em licitações públicas.

O sistema de Campo Grande foi importado de São Paulo (SP) e responsáveis pelo setor da NF Eletrônica da prefeitura alegam que apenas um funcionário foi habilitado para cuidar dessa parte técnica. "E aí quando ele viaja vira um caos", informa um contador.

Na verdade, chega a haver um duplo prejuízo para as empresas: para as prestadoras de serviços e as firmas de contabilidade. As primeiras porque ficam impedidas de faturar os serviços realizados ou participar de licitações e as segundas por terem de emitir Declarações Mensais de Serviço do semestre inteiro para levar à prefeitura e tentar, assim, obter a Certidão Negativa de Débito Mobiliário.

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e é o documento fiscal de existência apenas digital, criada para substituir as tradicionais notas fiscais de serviços impressas. A NFS-e, implantada pelo Departamento de Receitas Mobiliárias da Secretaria Municipal de Finanças, será emitida e armazenada eletronicamente em programa de computador da Prefeitura Municipal de Campo Grande, com o objetivo de materializar os fatos geradores do ISSQN – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, por meio do registro eletrônico das prestações de serviços sujeitas à tributação do ISSQN.

Praticamente todos os 19,3 mil prestadores de serviços cadastrados na Secretaria Municipal de Receita estão emitindo notas fiscais eletrônicas. A adesão obrigatória chega a 98%. Assim, a cada serviço realizado, a “comunicação” da transação econômica sobre o serviço é informada à Secretaria de Receita em tempo real, através do sistema da NFS-e.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda
AMOR AO PRÓXIMO
Acidentada e abandonada, idosa é adotada por mulher de 30 anos
TRISTEZA
Morre menina que teve o corpo queimado em tentativa de furto em oleoduto, em Duque de Caxias