Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Neymar rechaça rótulo de craque do time: "são 11 santásticos"

8 Set 2010 - 16h53Por Gazeta Esportiva

Com a saída de Wesley, André e Robinho para o futebol europeu, além da lesão de Paulo Henrique, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e ficará seis meses afastado dos campos, o atacante Neymar foi alçado ao posto de craque do Santos para o restante do Campeonato Brasileiro da Série A. Porém, o jogador preferiu minimizar as perdas, destacando que o elenco santista segue sendo forte.

"No Santos, são 11 jogadores "santásticos". Todos de alto nível. É claro que os quatro que foram embora, André, Robinho, Wesley e Ganso, fazem falta. Mas não podemos parar por aí. Estamos jogando um bom futebol mesmo sem eles", disse.

Neymar admitiu que a ausência de Paulo Henrique talvez seja a mais sentida no momento, pois ele era o organizador da equipe. "Qualquer time sentiria falta do Ganso, que é um craque e realmente está fazendo falta. No entanto, o Santos tem jogadores que podem exercer a função dele. Nós precisamos nos acostumar a jogar sem o Paulo Henrique para tentar chegar no primeiro lugar do Brasileirão", afirmou.

Sobre a sua responsabilidade dentro do time, Neymar acredita que voltou a jogar o seu melhor futebol, depois de um período curto de más atuações. "Voltei a jogar bem nas finais da Copa do Brasil e estou melhor, principalmente depois que eu voltei da seleção. Espero continuar exercendo o meu futebol, com habilidade, para ajudar o Santos a conquistar os seus objetivos", acrescentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico