Menu
SADER_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Néia pede patrolamento na 3ª e 4ª Linha em Glória de Dourados

29 Jun 2007 - 17h09

A Vereadora Lucinéia Marinho de Oliveira (DEM), da Câmara Municipal de Glória de Dourados, Indicou a Mesa Diretora da Casa de Leis em sessão ordinária realizada na última segunda-feira (25), para que fosse encaminhada a VERA REGINA DALCIN BAUR, Prefeita Municipal de Glória de Dourados-MS, após ouvido o colendo Plenário da Câmara Municipal, no sentido de que se promova o patrolamento de toda a extensão da 4ª Linha Nascente, bem como a recuperação do travessão que liga a 3ª Linha nascente ao Distrito de Guassulândia.

 

Segundo a vereadora, a situação precária em que se encontram as estradas dos trechos acima mencionados tem causado grandes dificuldades de trafegabilidade aos moradores daquela região, necessitando de urgente recuperação. “Destarte, rogo ao Poder Executivo Municipal que providências imediatas sejam tomadas no intuito de resolver a presente situação, atentando para a solicitação dos munícipes que habitam àquela região de nosso Município”. Finalizou Lucinéia.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS