Menu
SADER_FULL
quarta, 21 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Néia cobra inspeção em terrenos baldio de Glória de Dourados

16 Ago 2007 - 10h10
A vereadora LUCINÉIA MARINHO DE OLIVEIRA-DEM requereu a Mesa, após ouvido o  Plenário da Câmara Municipal, a fim de que seja remetida cópia a  Médica Veterinária CARLA CORBUCCI, Diretora do Departamento Municipal de Vigilância Sanitária de Glória de Dourados, bem como, ao  Senhor, CARLOS KINTSCHEV, Fiscal Municipal de Vigilância Sanitária, “solicitando dos mesmos, efetuar a inspeção nos terrenos baldios localizados na Av. Presidente Vargas esquina com a Rua Rio Grande do Sul, Vila Industrial e tomar as providências cabíveis no sem tido de equacionar os problemas ora vivido pelos moradores que residem naquelas imediações, com a infestação de mosquitos, camundongos, cobras, etc.

O Presidente e  Vereadores: esta Vereadora recebeu várias reclamações dos moradores que residem nas proximidades dos terrenos baldios que estão localizados na Av. Presidente Vargas esquina com a Rua Rio Grande do Sul, nascente, Vila Industrial, onde, as famílias que residem naquelas imediações sofrem diariamente com os transtornos provocados pelas baratas, cobras, camundongos, pernilongos e outros insetos que ‘povoam’ naqueles terrenos baldios. Esta Vereadora esteve presente, e fez uma inspeção ‘in loco’, onde constatamos a existência de ratos, baratas, pernilongos e animais peçonhentos que representam perigos aos moradores adjacentes, também há uma grande proliferação de mosquitos que podem causar vários tipos de doenças, além de aranhas, baratas que podem provocar alergias, ratos que podem transmitir o vírus da leptospirose,  servindo ainda aquele local para abrigar animais peçonhentos, no caso, cobras.
 
Não obstante a todos estes problemas verificados, podemos verificar também que além do abandono do proprietário ou proprietários dos terrenos mencionados e localizados em área nobre da nossa cidade, constatamos também que um volume muito grande de lixos domiciliares, madeiras em estado de semi decomposição e um grande número de ferros velhos, tipo sucatas. Portanto, atendendo ao clamor dos moradores que margeiam aqueles terrenos e observando os riscos à saúde daquelas famílias, conforme observamos, há de se tomar providências cabíveis e, nada melhor neste momento que, requerermos junto às autoridades do setor competente para que tomem as medidas de praxe.

 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)