Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 20 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Na LDO, MOKA proíbe Governo de cortar verba do combate a febre aftosa

10 Ago 2010 - 17h23Por Fátima News com assessoria

O governo federal está proibido de cortar recursos destinados ao combate de doenças animais como a febre aftosa. A emenda do deputado federal Waldemir Moka (PMDB), presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A medida consta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2011, publicada nesta terça-feira (10) no Diário Oficial da União.

 

A medida atende a pedidos do setor agrícola brasileiro. Havia temor de que o contingenciamento de verba pudesse prejudicar as ações de defesa animal e vegetal.

 

Moka diz que o presidente agiu bem ao sancionar a emenda, afirmando que o Brasil atingiu estágio “muito bom” quanto ao controle de doenças animais, como a febre aftosa. Essa situação, acrescenta, tem ajudado o país a se consolidar como grande produtor e exportador de alimentos, principalmente de carnes.

 

“Não podemos mais falhar no controle de doenças como a febre aftosa, por exemplo. É inconcebível que o Brasil volte à estaca zero após esse grande trabalho de recuperação do mercado internacional de carnes, que perdemos momentaneamente por causa da aftosa”, avalia.

 

Moka adverte que novos focos de doenças nos animais e vegetais podem desestabilizar o mercado e comprometer toda a cadeia produtiva. “Além disso, os produtos agrícolas infectados e os animais doentes vão colocar em risco a saúde da população brasileira”, destaca.

 

 

 

Orçamento de 2011

 

O presidente da Comissão de Orçamento afirma que a sanção da LDO 2011 encerra a primeira etapa dos trabalhos de deputados e senadores. “O Congresso discutiu e aprovou as diretrizes e prioridades orçamentárias para o próximo ano e agora o presidente avalizou”, explica.

 

Moka esclarece que a Comissão está com o caminho aberto para discutir o Orçamento de 2011 propriamente dito, com a destinação de recursos para projetos prioritários nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, habitação e segurança.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso