Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Na Casa Civil, Zeca acerta vinda de Lula a MS em agosto

21 Jul 2010 - 17h10Por Fátima News com a Assessoria

 

O candidato a governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, reuniu-se com o chefe de Gabinete do Palácio do Planalto, Gilberto de Carvalho, e com o assessor especial da Presidência da República, Cesar Alvarez, na tarde desta quarta-feira (21), para tratar da visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Estado. A data pré-agendada é 24 de agosto, confirmou Zeca.

 

 

“Em princípio o presidente vai para inaugurar a obra do PAC Imbirussu-Cerradinho, em Campo Grande , mas estamos vendo a possibilidade de estender a agenda até Dourados, para inaugurar oficialmente a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados)”, disse Zeca.

 

 

O complexo Imbirussu-Serradinho compreende a urbanização das margens do córrego Imbirussu, remoção de 850 famílias que viviam de forma precária no local, contenção de enchentes, abertura de avenidas e preservação do fundo de vale.O governo federal injeta R$ 44 milhões na obra, através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

 

 

A obra se estende por 6,3 quilômetros desde a Avenida Duque de Caxias (após o aeroporto) até a Avenida Euler de Azevedo (região Tênis Clube), sempre acompanhando o córrego Imbirussu. Além das 850 casas para abrigar as famílias retiradas das margens do córrego, foram construídos um posto de saúde e uma creche. A pavimentação de largas avenidas beneficia 47 bairros.   

 

 

Ato político

 

 

Além de inaugurar obras, a intenção é que Lula participe de um grande ato político da campanha da coligação A Força do Povo, disse Zeca. “Nossa intenção é esta, naturalmente se o presidente for ao Estado, vai reforçar a campanha”.

 

 

Zeca estava acompanhado do senador Valter Pereira (PMDB) nas audiências com Carvalho e Alvarez. Aproveitou para reforçar a indicação do senador à coordenação da campanha da candidata a presidente Dilma Rousseff (PT) no Estado. O assunto será tratado ainda nesta quarta-feira com o presidente do PT, José Dutra.

 

 

Outra questão levada por Zeca à Casa Civil é quanto aos ocupantes de cargos federais no Estado, que apesar de serem servidores de confiança do governo, usam a estrutura que dirigem para fazer campanha em favor do candidato da oposição, José Serra. “Sobre isso já pedi uma audiência com o ministro da Articulação Política, Alexandre Padilha. Se querem ser oposição, que sejam fora do governo”.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'