Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Na capital, menina de 12 anos sofre infarto e morre após jogar bola

5 Jul 2010 - 17h44Por Campo Grande News
Adilene Miranda Fagundes, de 12 anos, morreu ontem à tarde, após brincar de bola com uma amiga dentro da casa dela, na Vila Bandeirantes, em Campo Grande.

Muito abalados, os pais querem entender porque a menina, que sempre foi saudável e nunca apresentou problemas, foi acometida por um ataque cardíaco.

Chorando muito, o pai da criança, Antônio Fagundes, 52 anos, conta que estava na chácara quando tudo aconteceu. Adilene estava em casa com a mãe, jogava bola no quintal com uma amiguinha e depois foi levar a colega em casa.

Quando retornou foi para o quarto e a mãe a encontrou já desmaiada. A família espera que em até 40 dias saia o resultado do exame necroscópico apontando com exatidão a causa da morte.

“Não sei se pode ser o sol muito quente, a umidade do ar”, diz o pai. O corpo de Adilene está sendo velado no Memorial Park, onde será o sepultamento no período da tarde.

Caso raro – O cardiologista Luiz Alberto Ovando, da Sociedade de Cardiologia de Mato Grosso do Sul, afirma que são raros casos de crianças e adolescentes terem infarto e que geralmente estão relacionados a algum tipo de má formação. Segundo ele, os casos de morte na faixa etária de 14 a 22 anos são de 1 para 350 mil para homens e 1 a cada 700 mil para mulheres.

Também pode ocorrer é a criança ser acometida por alguma virose que cause uma inflamação no músculo do coração, uma miocardite. Segundo o especialista,diante de uma estrutura já alterada, o tempo seco e a temperatura elevada podem ajudar a desencadear o problema.

Quanto à pressão, o médico lembra que é preciso estar atento quando a criança tem histórico familiar, está acima do peso e não consegue acompanhar as outras em brincadeiras, apresentando cansaço excessivo e tosse, por exemplo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes