Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 17 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Muricy Ramalho vai à CBF se reunir com Ricardo Teixeira

23 Jul 2010 - 10h15Por Terra

O técnico Muricy Ramalho, do Fluminense, surgiu nesta sexta-feira como favorito para assumir a Seleção Brasileira. De acordo com informações obtidas pelo Terra, o treinador foi se reunir nesta manhã na sede da CBF com o presidente Ricardo Teixeira.

Durante o início da semana, o favorito apontado pela mídia era Mano Menezes, do Corinthians, mas agora o técnico tricampeão brasileiro pelo São Paulo pode ser inclusive anunciado nesta sexta-feira.

O maior entrave para o acordo pode ser o contrato até o final do ano de Muricy com o Fluminense, que assumiu ontem a liderança do Brasileiro com a vitória sobre o Cruzeiro por 1 a 0 no Maracanã.

Logo depois da partida, aliás, o treinador disse que não recebeu nenhum contato da CBF. Ele também afirmou recentemente quando questionado sobre a Seleção que estava até pensando em renovar seu contrato com o Fluminense.

Muricy, 54 anos, tem como principais conquistas na carreira o tri brasileiro pelo São Paulo de 2006 a 2008. Caso acerte com a Seleção, ele substituirá Dunga, demitido após o fracasso no Mundial da África do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat