Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Municípios não precisam de depósito para contestar débito

31 Mar 2007 - 10h37

Em decisão unânime, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) julgaram procedente a Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) 1.074, ajuizada com pedido de liminar pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), que questionava a constitucionalidade do artigo 19 da Lei 8.870/94.

A entidade alegava que o dispositivo ofenderia os incisos XXV e XL, do artigo 5º, da Constituição Federal, ao exigir depósito prévio de débito com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para o ajuizamento de ações judiciais.

Para ela, tal determinação representaria cerceamento de acesso ao Poder Judiciário.

 

 

 

COnjuntura Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Os lugares mais belos do Rio Sucuri em Bonito Mato Grosso do Sul!
FAMOSIDADES
Com quadro de AVC, Agnaldo Timóteo é internado na Bahia
MONSTRUOSIDADE
Pai bate em bebê até a morte por ela ter nascido menina
HOMICIDIO - MISTÉRIO
Filho de 9 anos encontra pai morto no banheiro de casa
REENCONTRO
Filhos reencontram mãe em asilo depois de 54 anos
EXPLORAÇÃO SEXUAL
Casal é preso por abusar sexualmente de 14 adolescentes, atraídos por emprego
LESÃO CORPORAL
Com ciúmes, mulher queima marido com ferro de passar
FORAGIDOS
Homens encapuzados incendeiam ônibus do transporte coletivo
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta versões de Creme Acetinado da perfumaria de Botica 214 em Fátima do Sul
CAMPO BELO RESORT - FERIADÃO DE JUNHO
Campo Belo Resort com pacote especial para o feriadão de Corpus Christi, confira e faça sua reserva