Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 20 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Município de Ivinhema realiza ato contra a violência

5 Abr 2007 - 11h15
Um grande número de pessoas da população de Ivinhema participou na manhã de ontem de uma grande passeata pela principal avenida da cidade em protesto contra a violência nas escolas. O objetivo é o de chamar a atenção dos pais, comunidade em geral e principalmente das autoridades sobre o grave problema da violência nas escolas. Recentemente uma professora foi agredida em sala de aula, o que deixou seqüelas físicas e, o pior; psicológicas, já que “um hematoma sara, mas um quadro psicológico, se não devidamente tratado, fica”.
Professores, diretores, coordenadores, Counes e Sindicato das redes estadual, municipal e privada compareceram, o pároco local, pastores e muitos alunos, também, acompanharam e prestigiaram o evento que teve carro de som para que os participantes pudessem esclarecer à população sobre a grave situação por que passam, atualmente, as escolas. Foi muito cobrado das autoridades mudanças no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) para que as instituições escolares possam garantir mais segurança e tranqüilidade, tanto ao corpo docente e administrativo quanto ao corpo discente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa