Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Município de Itaporã terá R$ 759 milhões para usina álcool

20 Abr 2007 - 10h35
O presidente do Grupo Eldorado, Benedito Coutinho, anunciou investimentos de R$ 750 milhões, em parceria com investidores estrangeiros, na primeira usina de açúcar e álcool em Itaporã, num dos maiores empreendimentos sucroalcooleiros anunciados no Estado até agora. A indústria tem previsão de começar a operar na safra de 2010.

O lançamento do projeto ocorreu na tarde de ontem na Câmara de Itaporã e foi assistido por mais de 150 convidados – dentro e fora do plenário, grande parte de produtores rurais do município, que hoje têm na soja, milho, arroz irrigado e na pecuária sua base econômica.

Esse grupo possui duas usinas em funcionamento em Mato Grosso do Sul: uma em Nova Andradina e outra em Rio Brilhante. E os planos do Eldorado são ambiciosos: além de Itaporã, o grupo pretende montar mais duas unidades em Dourados – uma na região do distrito de Macaúba e outra em Itahum, afirmou Coutinho.

O investimento inicial na usina de Itaporã será de R$ 250 milhões. A área para instalação do empreendimento já foi adquirida. Será na Fazenda São Thomé, na rodovia MS 157, km 39, onde começará o viveiro de mudas iniciais, que serão fornecidas pelo produtor Antônio Tonanni, da Fazenda Cristal, em Itaporã.

A usina deverá atingir uma produção de 400 milhões de litros de álcool por ano e terá uma área de 60 mil hectares para o plantio de cana, que incluirá parte do município de Itaporã e de Maracaju, na safra que atingir toda a sua capacidade. A produção de cana será de 4,8 milhões de toneladas, ao final da última etapa.

Segundo o prefeito Marcos Pacco, as lavouras da Eldorado deverão ocupar de 25 a 30% do território municipal, "restando uma grande área para as culturas tradicionais. A cana não ameaçará a produção de alimentos".

Coutinho afirmou que, inicialmente, a usina de Itaporã absorverá a cana produzida nas áreas agrícolas destinadas às futuras indústrias localizadas em Macaúba e Itahum. Está prevista a geração de 600 empregos diretos na área técnica e 1.500 postos de trabalho para cortadores de cana.

O vice-governador Murilo Zauith, que participou do evento, anunciou que já foram protocolados no governo 53 cartas-consulta de grupos industriais de todo o país interessados em instalar usinas de açúcar e álcool no Estado.

 

 

Conjuntura Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos