Menu
SADER_FULL
sexta, 20 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Mulheres ganham 404 prefeituras em 5.517 municípios

7 Out 2004 - 14h55
O percentual de mulheres eleitas para as prefeituras este ano ainda ficou abaixo de 10% do total de prefeituras do país. Dos 5.517 prefeitos eleitos no primeiro turno, 404 são mulheres, ou 7,3%, e 5.075 são homens. Foram 38 os candidatos vitoriosos que não informaram o sexo à Justiça Eleitoral no momento do registro de suas candidaturas. A performance das candidatas foi um pouco melhor na disputa para vereador. Para o Legislativo, elas conquistaram 12,6% das vagas. Dos 51.819 vereadores escolhidos pelos brasileiros, 6.555 são mulheres, 45.257 são homens e 7 não informaram o sexo ao registrar a candidatura.

O partido que mais elegeu mulheres foi o PMDB, com 78 prefeitas. O PFL elegeu 64 prefeitas; o PSDB, 53; o PP, 34; o PTB elegeu 40. E o PT, partido que elegeu mais prefeitos do que o PP, por exemplo, só garantiu a vitória de 24 mulheres para prefeituras.

No domingo passado, 31,3% dos 2.781 prefeitos que tentaram se reeleger saíram vitoriosos das urnas, ou seja 871 conquistaram um novo mandato. O estado campeão de reeleições foi São Paulo, com 201 casos. Em segundo lugar ficou o Paraná, com 88, seguido pelo Piauí, com 68, e pela Paraíba, com 63. O estado em que houve o menor número de reeleições, apenas duas, foi Roraima.

Ontem, o TSE também informou quantos votos cada partido obteve em cada estado. O PT, que foi neste ano o campeão de votos ao conquistar 16,3 milhões de eleitores para prefeituras no Brasil, teve melhor desempenho em São Paulo, 5,4 milhões de votos. O segundo lugar nacional ficou com o PSDB, com 15,7 milhões de votos, com melhor performance também em São Paulo, com 6,8 milhões de votos.

O partido que mais cresceu em número de votos em relação à última eleição municipal foi o PL, que registrou cinco milhões de votos contra 2,5 milhões em 2000 — um aumento de 97,57% de eleitores para os candidatos às prefeituras. Em segundo lugar ficou outro partido de pequeno porte, o PPS. Em 2000, a legenda conseguiu 3,5 milhões de votos para prefeito contra os 4,9 milhões atingidos no domingo passado. O aumento contabilizado é de 41,16%. O terceiro lugar na lista dos partidos que mais cresceram é do PT, o campeão de votos em números absolutos. Nas eleições passadas, o partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia contado com 11,9 milhões de votos para prefeito. Neste ano, foram 16,3 milhões. O crescimento foi de 36,74%.

Já o PFL obteve número de votos 13,38% menor nessas eleições em comparação a quatro anos atrás, quando conquistou quase 13 milhões de eleitores. Nesse ano, a legenda recebeu 11,2 milhões de votos. Outros dois dos maiores partidos brasileiros, o PMDB e o PSDB, computaram computaram crescimento mais tímido do que o dos partidos menores. O primeiro contou com 13,2 milhões em 2000 e 14,2 milhões neste ano - um aumento de 7,45%. Os tucanos receberam 13,5 milhões de votos há quatro anos contra 15,7 milhões em 2004. O aumento registrado foi de 16,56%.
 
 
 
Globo Online 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL NO BEACH PARK
Acidente no Beach Park, veja como é o brinquedo 'Vainkará' que matou turista
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Fátima do Sul: O Boticário lança linha de cuidados masculinos e mostra que homens também se cuidam
ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas