Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 16 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Mulheres de MS estão na etapa nacional do Prêmio Sebrae

20 Mar 2007 - 10h22

No próximo dia 28 de março, acontece a cerimônia de premiação nacional do Prêmio Sebrae Mulher Empreendedora, em que duas sul-mato-grossenses são finalistas. Com as histórias empreendedoras, “Esperança, nome de mulher” e “Viver e empreender é um grande negócio”, Marinez Zatta e Isabel Doering Muxfeldt, respectivamente, pretendem surpreender e conquistar o prêmio.

 

Marinez Zatta concorre na categoria “Proprietárias de micro e pequenas empresas”, por ser dona do Hotel Santarém, em Nova Alvorada do Sul. “Planejei e cheguei aonde sonhei, neste percurso passei fome, mas hoje, colho o fruto do meu trabalho honesto. Emociono-me ao olhar meus filhos e saber que tenho como prepará-los para o futuro”, relata em sua história. 

 

Já a artesã e designer Isabel Doering Muxfeldt concorre na categoria “Membros de grupos de produção formais (cooperativas e associações)”, por ser associada à Artems (Associação dos Artesãos de Mato Grosso do Sul). Ela trabalha com o grupo Jóias do Pantanal, em Campo Grande, que produz biojóias e artigos de decoração com chifre bovino.

 

Isabel relata: “Eu sempre fui muito persistente, aprendi que todo problema tem sua solução, e que muitas vezes é encontrada na manhã seguinte, e que dando um passo de cada vez, chega-se ao destino que se quer. Destes quatro anos de caminhada, o que me deixa emocionada é a reconquista da auto-estima de todos nós do grupo”.

 

Com mais de 1,7 mil inscrições em todo o País, a cerimônia será no dia 28 de março (quarta-feira), às 19 horas, no Hotel Nacional, em Brasília. Duas mulheres de cada região serão premiadas, totalizando 10 ganhadoras nacionais, que receberão como prêmio troféus e um curso promovido pela Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), a ser ministrado em abril, em São Paulo.

 

Prêmio

O Prêmio Sebrae Mulher Empreendedora, que tem como objetivo divulgar ações bem-sucedidas gerenciadas por mulheres ou grupos de mulheres que sirvam de exemplo para quem deseja abrir um negócio próprio, ocorre em quatro etapas: estadual, regional, nacional e internacional. As categorias são divididas em 'proprietárias de micro ou pequenas empresas' e ‘membros de grupos de produção formais' (cooperativas e associações).

 

Segundo a interlocutora do prêmio no Estado, Edy Ponzini, a iniciativa tem como objetivo divulgar ações bem-sucedidas gerenciadas por mulheres ou grupos de mulheres que sirvam de exemplo para quem deseja abrir um negócio próprio. “As histórias inscritas foram avaliadas por uma comissão julgadora, que analisaram se o caso pode incentivar outras pessoas que querem empreender, se houve criatividade na ação empreendida, capacidade de transformar um sonho em realidade, e compromisso da mulher com a melhoria de sua aprendizagem e de seus colaboradores, entre outros critérios”, comenta.
 
 
 
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo