Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Mulher encontrada nua era garota de programa e foi morta com golpe

20 Set 2013 - 09h35Por Campo Grande News

A mulher encontrada nua e com parte do corpo em chamas, há 14 dias, na Chácara dos Poderes, em Campo Grande, era garota de programa e foi morta com um golpe na cabeça, provavelmente, de uma enxada, pá ou uma pedra. As informações são de um policial que trabalha no caso e diz que a profissão da vítima foi crucial para a identificação do suspeito.

“O caminhar das investigações apontou que Viviane Rodrigues Matos, 31 anos, seria garota de programa. Foi morta pouco depois da última refeição, já que encontramos resíduos de comida sem que esteja finalizada a digestão e ainda estaria com um dos seus clientes na ocasião”, comenta o policial.

Outra hipótese descartada com o decorrer das averiguações seria de que Viviane estava grávida. “Assim que encontrada, a vítima estava com o abdome inchado e desconfiamos de uma suposta gravidez. Porém, logo em seguida constatamos que ela estava menstruada e o que se tratava realmente do porte físico dela”, explica o policial.

Com relação à motivação da morte, as investigações avançaram no sentido de identificar a causa. Após análise do médico legista, realizada na noite de quarta-feira e manhã de ontem (19), foi constatado que a vítima foi ferida com um golpe fatal na cabeça. “Ela tinha uma grande lesão na cabeça e ainda achamos sangue no cabelo e nas narinas. Foi uma paulada certeira”, avalia o Policial.

Ao Campo Grande News, o delegado Fábio Sampaio, responsável pelas investigações, disse que as investigações já avançaram muito, principalmente com a identificação do suspeito. Ele porém, ainda não efetuou prisões.

Com roupa - No local do crime, em uma análise mais detalhada no outro dia, de acordo com o perito criminal Amilkar da Serra Silva, eles descobriram que a vítima estava com roupa antes de ter sido atingida pelo fogo.

“Ao contrário do que muita gente disse a vítima não estava nua. Por baixo do corpo, onde uma parte ficou protegida das chamas, encontramos vestes. Recolhemos parte de uma saia preta, mesma cor da calcinha e também um corselete com estampa de onça”, conta Silva.

Viviane, natural de Rondonópolis (MT), estava na Capital há 4 anos e veio para trabalhar. A vítima estava em uma área de vegetação, na rua Cruz de Malta, próximo ao anel viário da BR-163. O documento de identidade da vítima foi expedido em São Paulo, o que dificultou as investigações, segundo Sampaio. Já existe um suspeito para o crime, conforme o delegado

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico