Menu
PASSARELA
domingo, 27 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Mulher é vítima do golpe do estelionato em Dourados

23 Jul 2004 - 08h38
 

Compareceu ontem no 1º Distrito Policial de Dourados, uma mulher de 40 anos que quis não se identificar, moradora no Jardim São Pedro, que foi vítima do golpe do estelionato. De acordo com o Boletim de Ocorrência, no dia 8 deste mês, recebeu uma carta em sua casa da susposta empresa de empréstimo Unicred Financiamento Ltda. Como estava precisando de dinheiro, ligou para São Paulo e um homem identificado apenas por César que solicitou que a mesma deveria depositar R$ 170 para custear as despesas com correspondências e outros encargos.  

A mulher depositou a quantia na conta de Luana Flávia de Oliveira, e receberia o dinheiro num prazo de 14 horas. Como o tempo expirou, ela entrou em contato novamente com a empresa e recebeu a informação que não existia nenhuma empresa de empréstimo e ninguém com o nome de César.

 

Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARALISAÇÃO
Petroleiros do Pais inteiro anunciam greve "Vamos parar todas as Refinarias"
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível