Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Muirilo critica atendimento e valores as vítimas da estiagem

12 Ago 2004 - 07h17

Durante a ordem do dia de hoje para o votação da Medida Provisória nº 189, que abre crédito extraordinário R$ 32 milhões, para atender à população vítima de estiagem no Estado de Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Paraná, o deputado Murilo Zauith (PFL-MS) criticou a demora  na liberação e os valores dessa verba. Ele explicou que a estiagem ocorreu em janeiro, ou seja, no início deste ano. Há algum tempo foi editada essa medida provisória, e somente agora estamos discutindo e votando a matéria, para dar R$ 300 reais a cada família atingida pela estiagem.

“O governo demonstra que não tem sensibilidade social nenhuma, porque calamidade é editar uma medida provisória para dar R$ 300 a uma família por um fato ocorrido em janeiro. Quer dizer, somente agora vai socorrer uma família, com R$ 300 reais. É muito pouco”, lamentou o parlamentar pefelista.

 Segundo Zauith, a família já passou pelo pior, passou necessidade, perdeu a sua roça, o seu gado, a chuva não veio. Ele lembrou ainda que a calamidade já aconteceu e os recursos a serem liberados são irrisórios e vão chegar com grande atraso.

“O governo não tem sensibilidade nenhuma. Ele tem sensibilidade para fazer superávit fiscal, para comprar avião, para viajar, para fazer blindagem em torno de seus ministros, pois não se pode falar de nenhum membro do Executivo.
Eles não podem errar, não podem ter uma vida como cidadãos comuns, não podem colocar sua vida em exposição”, condenou o deputado.
 
 
Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'