Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

MST ameaça com novas invasões e bloqueios em MS

30 Jul 2004 - 13h14
 

José Madruga, um dos coordenadores do acampamento do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) às margens da BR-376, fala que a “angústia da espera” pode levar a novas invasões e bloqueios. “Nós estamos aqui e o pessoal está querendo fazer ocupação, fechar rodovia. A gente segura ao máximo, discute com o governo, mas chega uma hora que não dá para segurar mais”, declara o líder.

“O governo tem muita morosidade em resolver, mesmo que tenha razões. Faz proposta, faz proposta e não cumpre, aí fica difícil. Tem gente para mais de cinco anos embaixo da lona”, reclama o sem-terra. “E não é só fazer assentamento, tem que fazer uma reforma nos créditos, na educação e na saúde, para o povo ter condições dignas de vida”, cobra José.

Ele aponta que a possibilidade da desapropriação da Teijin ter avanços com a desistência do MPF em barrar o processo judicialmente traz novas esperanças para as famílias. “E tem também a Itamaraty (em Ponta Porã), que também está em fase de conclusão, onde vamos poder assentar mais duas mil famílias. É isso que já vai desafogando e colocando o povo para trabalhar. Mas a Teijin é um sério que tem que acabar”, resume.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína