Menu
PASSARELA
quarta, 20 de junho de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

MS vai receber polo industrial da soja de US$ 30 milhões

16 Jul 2004 - 18h00
O governador Zeca do PT recebeu hoje no fim da tarde grupo de empresários coreanos que anunciou investimento de US$ 30 milhões para a implantação de pólo industrial de soja em São Gabriel do Oeste em prazo de três anos. “Esse negócio vai consolidar o agronegócio na região norte do Estado agregando valor a soja, com a fabricação de derivados do produto que ainda não são produzidos em Mato Grosso do Sul, inclusive abrindo oportunidade para a atração de outros empreendimentos”, afirmou o secretário de Produção e Turismo, José Felício que acompanhou a reunião.

Zeca do PT explicou sobre o projeto de integração da América Latina com a criação da rota bioceânia e falou sobre os produtos sul-mato-grossenses que geram grande interesse entre os países orientais, como carne, manganês e minério de ferro. Segundo o assessor especial de diplomacia da Coréia do Sul, Myung Soo Kim, há interesse de empresários coreanos no investimento para agregar valor a minérios da região de Corumbá.

Conforme Irio Molinari, executivo do grupo Kaisen, responsável pela intermediação entre empresários coreanos, a prefeitura de São Gabriel do Oeste e o Governo do Estado, ser[a assinado protocolo de intenções entre as partes envolvidas nas negociações para que seja feita a implantação do pólo industrial de esmagamento de soja, que vai gerar vários subprodutos divididos em duas linhas: a de alimentos e a farmacêutica.

A prefeitura do município dará a infra-estrutura necessária para a construção do pólo, como o terreno de 10 hectares, pavimentação, terraplanagem. “Procuramos o governador para que haja apoio para evitar a burocracia e agilidade na implantação do polo”, afirmou. A expectativa é que sejam gerados inicialmente cerca de mil empregos diretos e o pólo atraia 10 outras fábricas na área farmacêutica e de produtos alimentícios.

“A região de São Gabriel do Oeste deixa de ser produtora primária da soja e se torna um pólo industrial com a expectativa de atração de outras indústrias, o que vai gerar novos postos de trabalho, essenciais para o desenvolvimento do município”, disse o prefeito de São Gabriel, Adão Rolim. A escolha de Mato Grosso do Sul para receber o investimento coreano foi feito principalmente pela infra-estrutura ideal encontrada pelos empresários para o empreendimento, segundo explicou o presidente do grupo Kaisen, Carlos Ishikiriyama. “Encontramos um caminho rápido para fazermos investimentos no Brasil aqui em Mato Grosso do Sul, onde há grande interesse dos governantes pelo bem estar da população”, disse.

A Coréia do Sul tem hoje 44 milhões de habitantes e importa US$ 800 milhões de soja e seus derivados, o que totaliza 1,5 milhão de toneladas. O produto é originário principalmente dos Estados Unidos. O deputado federal, Antonio Carlos Biffi também participa das negociações para a implantação do pólo industrial da soja.
 
 
 
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal
COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
PENSÃO ALIMENTÍCIA
Genro de Silvio Santos é procurado por Policia Federal após mandado de prisão
APOCALIPSE
Arthur (Junno Andrade) fala na TV do ataque ao navio de fugitivos e das consequências da erupção de
POLÊMICA
Projeto quer liberar venda direta de etanol das usinas aos postos
FÁTIMA DO SUL - ESTRUTURA NOVA
Fátima do Sul terá um novo conceito de lojas Cacau Show, AGUARDEM!!!
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
Em Dourados, Italínea Móveis Planejados dá dicas para deixar sua casa pronta para o inverno
APOCALIPSE
Ricardo (Sérgio Marone) autoriza que um navio de fugitivos seja bombardeado