Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

MS tem 5º pior ensino jurídico do País, revela exame da Ordem

6 Jul 2007 - 09h40
 

 

Mato Grosso do Sul está entre os piores do Brasil em qualidade de ensino jurídico, conforme o resultado do segundo Exame de Ordem Unificado aplicado em 17 Estados pela Fundação Centro de Ensino Superior da UnB (Universidade Nacional de Brasília). Dos 945 candidatos do Estado que fizeram o exame, que é condição prioritária aos bacharéis de Direito para atuação na advocacia, apenas 126 foram aprovados, o equivalente a 13,33%.

Dos 17 Estados que participaram do primeiro Exame de Ordem Unificado, Mato Grosso do Sul ficou à frente apenas do Amapá, que aprovou 2,86% dos candidatos, do Amazonas, com 8,33% de aprovados, Rio de Janeiro, que aprovou 8,49%, e Mato Grosso, que aprovou 12,46%.

As provas aplicadas, segundo a OAB/MS (Ordem dos Advogados de Mato Grosso do Sul), foram iguais para todos os estados participantes e as questões se resumiram exclusivamente ao conteúdo que deveria ser ministrado em sala de aula.

Ranking

Como ocorreu na primeira fase do Exame de Ordem 2007, mais uma vez a OAB-MS divulga também o ranking das faculdades de direito na segunda fase. Como na primeira etapa de provas teóricas, nesta segunda fase de teste prático-profissional os bacharéis oriundos da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) tiveram, proporcionalmente, melhor desempenho, conforme os índices finais.

“Ao que parece, o que vem determinando o desempenho positivo das faculdades de direito das universidades públicas é a maior competitividade quanto ao acesso, o que, por razões óbvias, seleciona os mais aptos, que objetivam cursar a faculdade sem o ônus de pagar mensalidade. Mas isto não significa que as faculdades particulares necessariamente sejam dotadas de menor qualidade de ensino, uma vez que sou testemunha do esforço e da dedicação do corpo docente das faculdades particulares de direito, principalmente as de Campo Grande. Desta maneira a Seccional da OAB mais uma vez divulga os dados com o objetivo de apresentar a sociedade a radiografia completa do ensino jurídico”, afirma o presidente da OAB-MS, Fábio Trad.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho